Dosímetro de Ruído: O Que é? Para Que Serve e Como Usar?

O Dosímetro de Ruído é um aparelho portátil de uso pessoal que possibilita a mensuração dos níveis de pressão sonora na unidade decibéis (dB) em função do tempo de exposição à fonte.

De acordo a Norma de Higiene Ocupacional nº 01 (NHO 01) da Fundacentro, o Dosímetro de Ruído significa um medidor integrador de uso pessoal que fornece a dose da exposição ocupacional ao ruído.

O Dosímetro de Ruído é bastante utilizado na elaboração do PPRA, PCMAT, PGR, LTCAT, entre outros.

Para que serve Dosímetro de Ruído

O Dosímetro de Ruído serve para avaliar a exposição do trabalhador ao ruído ocupacional, com o propósito de dimensionar a exposição e estabelecer medidas de controle, contribuindo para a prevenção dos acidentes e das doenças ocupacionais.

Além disso, o Dosímetro de Ruído tem como objetivo a observância dos critérios e procedimentos de avaliação ocupacional ao ruído, previstos na NHO 01 da Fundacentro.

Pendrive SST

Entre o disposto na NHO 01, temos o tempo máximo diário de exposição permissível em função do nível de ruído:

NHO 01 da Fundacentro (Fragmento)
Fonte: NHO 01 da Fundacentro (2001) – Fragmento.

A NHO 01 estabelece o limite de exposição ocupacional diária ao ruído igual a 85 dB(A) para uma jornada de trabalho de 8 horas diárias.

Por fim, o Dosímetro de Ruído é também utilizado na caracterização das atividades ou operações insalubres, conforme disposto no Anexo I (Limites de tolerância para ruído contínuo ou intermitente) da Norma Regulamentadora nº 15 (NR-15).

Anexo I da NR-15 - Limites de Tolerância
Fonte: Anexo I da NR-15.

De acordo a NR-15, não é permitido a exposição ocupacional a níveis de ruído acima de 115 dB(A) a indivíduos que não estejam adequadamente protegidos.

No critério de avaliação da exposição ocupacional ao ruído, a NHO 01 considera o incremento de duplicação de dose (q) igual a 3, enquanto a NR-15 utiliza o incremento de duplicação de dose (q) igual a 5. Portanto, os resultados adquiridos através do disposto na NHO 01 podem diferir dos obtidos mediante o estabelecido no Anexo I da NR-15.

Por isso, é importante destacar que a NHO 01 consiste em estabelecer as metodologias e os procedimentos de avaliação da exposição ocupacional ao ruído, porém deve se considerar os limites de tolerância estabelecidos pelo Anexo I da NR-15, especialmente, para fins trabalhistas e previdenciários.

Atualmente, os Dosímetros de Ruído fornecem inúmeros dados referentes a avaliação da exposição ocupacional ao ruído, com o intuito de atender as diferentes normas e legislações adotadas nos países.

Como utilizar o Dosímetro de Ruído

No geral, o Dosímetro de Ruído é um equipamento portátil de fácil condução e deve ser fixado ao trabalhador durante o período de medição da exposição ocupacional ao ruído, com o receptor (microfone) posicionado sobre o ombro, preso na vestimenta e dentro da zona auditiva do trabalhador (região delimitada por um raio de 5 a 15 cm, medido a partir da entrada do canal auditivo).

A maioria dos fabricantes de Dosímetro de Ruído recomendam o posicionamento do receptor (microfone) no meio da parte superior do ombro e do lado exposto ao maior nível de ruído.

Além disso, é importante destacar mais algumas dicas ao usar o Dosímetro de Ruído, tais como:

  • O uso da espuma protetora de vento sobre o microfone, com o propósito de impossibilitar eventuais interferências da velocidade do ar e proteger o microfone contra poeira, umidade ou calor excessivo;
  • Os procedimentos de avaliação da exposição do trabalhador ao ruído não devem interferir nas características da condição de trabalho em estudo, devendo manter o ambiente e a rotina habitual do trabalhador;
  • Instruir o trabalhador que o microfone do Dosímetro de ruído não pode ser retirado, movido e/ou obstruído, a fim de evitar o comprometimento na obtenção dos dados representativos da exposição diária do trabalhador ao ruído;
  • Posicionar e fixar qualquer excesso do cabo de extensão do microfone, visando evitar alguma dificuldade ou inconveniente ao trabalhador, quando viável, acomodar o cabo do microfone sob a camisa ou farda. Entretanto, vale ressaltar, que existem também modelos de dosímetros de ruído com o receptor (microfone) acoplado diretamente ao aparelho, ou seja, sem o cabo de extensão do microfone.

Calibração do Dosímetro de Ruído

As medições de exposição ocupacional ao ruído devem ser realizadas após a calibração do Dosímetro de ruído, através da utilização do Calibrador acústico.

Em relação ao tema, a NHO 01 da Fundacentro dispõe que:

Os calibradores, preferencialmente, devem ser da mesma marca que o medidor e, obrigatoriamente, permitir o adequado acoplamento entre o microfone e o calibrador, diretamente ou por meio do uso de adaptador.

Com o intuito de garantir a precisão das avaliações ocupacionais ao ruído, os medidores de pressão sonora e os calibradores devem ser periodicamente aferidos e certificados pelo fabricante, assistência técnica autorizada ou laboratórios credenciados a Rede Brasileira de Calibração – RBC ou Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO, sendo renovado, no mínimo, a cada dois anos (NBR 10151).

Quanto custa um Dosímetro de Ruído

Como já era de se imaginar, não existe um valor fixo para o Dosímetro de ruído, pois varia conforme a marca, o modelo e as características técnicas do equipamento. No entanto, mediante uma breve pesquisa na internet, constata-se que o preço do Dosímetro de ruído, normalmente, encontra-se entre R$ 1.790,00 a R$ 4.990,00.

Por fim, este texto não tem o intuito de recomendar qual o melhor Dosímetro de ruído ou onde comprar um Dosímetro de ruído, mas você pode encontrar facilmente alguns modelos pela internet, seja para apenas conferir ou até mesmo comprar, por exemplo, os sites Americanas, Submarino e Shoptime, bem como, os sites das próprias marcas fabricantes.

Compartilhar o texto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + sete =