O Curso de Técnico em Segurança do Trabalho é bom?

Geralmente, as pessoas quando estão interessadas em fazer um algum curso é comum realizarem pesquisas na internet sobre o mesmo, com o objetivo de obter mais informações referentes ao curso e a profissão.

Em razão disso, resolvemos escrever um texto com algumas informações importantes sobre o curso de técnico em segurança do trabalho, por exemplo, a respeito dos itens listados abaixo:

  • O que é o curso de técnico em segurança do trabalho?
  • Qual a duração do curso de técnico em segurança do trabalho?
  • O que estuda no curso de técnico em segurança do trabalho?
  • É difícil arrumar emprego de técnico em segurança do trabalho?
  • Onde posso trabalhar com o curso de técnico em segurança do trabalho?
  • Quais as principais atividades de um técnico de segurança do trabalho?
  • Quanto é o salário de um técnico em segurança do trabalho?
  • O curso de técnico em segurança do trabalho vale a pena?

Portanto, se você tem interesse em fazer esse curso em específico, confira o texto a seguir e saiba se o curso de técnico em segurança do trabalho é bom e vale a pena fazer.

O que é o curso de técnico em segurança do trabalho?

O curso de técnico em segurança do trabalho, como o próprio nome diz, é uma qualificação técnica voltada ao atendimento das Normas Regulamentadoras (NR) e demais exigências legais de Segurança e Saúde no Trabalho (SST), visando promover a prevenção de acidentes e doenças ocupacionais.

O curso de técnico em segurança do trabalho pode ser feito por qualquer pessoa que tenha concluído o ensino médio e tenha se matriculado no curso de uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), para que o diploma tenha validade no mercado de trabalho.

Qual a duração do curso de técnico em segurança do trabalho?

De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT) do Ministério da Educação (MEC), o curso de formação para técnico em segurança do trabalho deve possuir a carga horária mínima de 1200 horas, com a duração de 1 ano e meio. Porém, esse período pode variar conforme a grade curricular ou o plano de curso de cada instituição.

Além das horas de estágio requeridas pela instituição de ensino, agregando um maior conhecimento prático e teórico ao aluno.

O que estuda no curso de técnico em segurança do trabalho?

Se as matérias estudadas no curso de técnico em segurança do trabalho são uma preocupação para você, fique tranquilo!

Uma vez que, o curso tem opções para todos os gostos, como português, matemática básica, desenho técnico, biologia, interpretação de dados e gráficos, enfim, certamente você vai se encontrar!

De forma sucinta, podemos afirmar que o curso técnico de segurança do trabalho se baseia no entendimento do disposto nas NR e demais exigências legais de SST.

Entre as principais matérias estudadas no curso de técnico em segurança do trabalho, temos:

  • Higiene e saúde ocupacional;
  • Legislação aplicada à segurança do trabalho;
  • Desenho técnico;
  • Ergonomia;
  • Primeiros socorros;
  • Prevenção e combate a incêndio;
  • Informática aplicada;
  • Toxicologia;
  • Gestão ambiental e da qualidade;
  • Programas de segurança do trabalho;
  • Sinalização de segurança;
  • Psicologia do trabalho;
  • Gerenciamento de riscos;
  • Doenças ocupacionais;
  • Entre outras.

Lembrando, que as matérias relacionadas acima são algumas das mais comuns entre as instituições de ensino do país. Geralmente, as disciplinas são divididas em módulos com o objetivo de promover um melhor aprendizado aos alunos.

É difícil arrumar emprego de técnico de segurança do trabalho?

Há uma expressiva demanda de oportunidades no mercado de trabalho para técnicos de segurança do trabalho, em virtude da maioria das organizações brasileiras terem a necessidade de contratar determinados serviços ou profissionais do âmbito da segurança e saúde do trabalho.

Em contrapartida, há muitos profissionais qualificados, o que acaba por exigir do técnico de segurança do trabalho uma busca contínua por novas competências e qualificações, principalmente para conquistar melhores oportunidades no mercado de trabalho.

Porém, de acordo com a maioria dos profissionais da área, não é difícil encontrar emprego como técnico de segurança do trabalho, desde que o profissional mantenha-se sempre atualizado referente às NR, os sistemas de gestão de SST e as demais exigências legais de segurança e saúde no trabalho, bem como busque sempre realizar cursos complementares.

Onde posso trabalhar com o curso de técnico em segurança do trabalho?

O técnico em segurança do trabalho pode trabalhar em diversos setores ou atividades econômicas. Conheça algumas áreas que o profissional técnico de segurança do trabalho pode atuar:

  • Indústrias de diversos segmentos;
  • Construção civil;
  • Hospitais;
  • Consultorias;
  • Pólos petroquímicos;
  • Portos;
  • Mineração;
  • Agro-indústria;
  • Transporte;
  • Empresas de serviços, como terceirização;
  • Instituições públicas;
  • Comércio;
  • Entre outros.

Revelando ser uma profissão abrangente, capaz de atuar em diversos segmentos. Do mesmo modo, vale para os estudantes do curso de técnico em segurança do trabalho que buscam vagas de estágio para o cumprimento da grade curricular do curso.

Quais as principais atividades de um técnico de segurança do trabalho?

Se você tem dúvidas a respeito das principais atribuições do técnico de segurança do trabalho, acesse: O que faz o Técnico em Segurança do Trabalho?

Quanto é o salário de um técnico de segurança do trabalho?

O salário do técnico de segurança do trabalho pode variar conforme o segmento da empresa e a região do país.

Contudo, a média salarial do técnico em segurança do trabalho no Brasil está por volta de R$ 2.533,01 a R$ 2.945,91, segundo o site Salario.com.br. Para saber a média salarial por estado, acesse: Quanto ganha um técnico em segurança do trabalho em 2021?

Porém, conforme o aumento do nível de experiência e as qualificações pode ultrapassar os R$ 5.000,00, lembrando que para isso é necessário considerar uma série de fatores, bem como acordos coletivos de sindicatos, o segmento e o estado da empresa.

De qualquer forma, a profissão de técnico em segurança do trabalho apresenta salários atrativos, principalmente, quando comparado ao salário de outras profissões de nível técnico.

Atualmente, o curso de técnico em segurança do trabalho é um dos cursos mais procurados no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

Vale a pena fazer o curso de técnico em segurança do trabalho?

Caso esteja preocupado em saber se o curso de técnico em segurança do trabalho é bom e vale a pena fazer, saiba que sim!

Conforme já descrito, o técnico em segurança do trabalho pode atuar em diversos segmentos ou atividades econômicas, existindo uma significativa demanda por esse profissional no mercado de trabalho.

E trata-se de um curso rápido e com diversas vantagens, visto a possibilidade de atuação e a rápida inclusão no mercado de trabalho. Além disso, as disciplinas estudadas contribuem para um satisfatório desenvolvimento profissional e pessoal.

O curso de técnico em segurança do trabalho permite também uma visão mais ampla do funcionamento das organizações, da legislação trabalhista e previdenciária, bem como dos aspectos referentes à psicologia e ao relacionamento interpessoal, entre outros.

Possibilitando a descoberta de novos conhecimentos e até de novas ocupações, já que a pessoa poderá se especializar em cursos correlacionados com o tempo, como a engenharia de segurança do trabalho, advocacia, psicologia, ergonomia e outros, agregando mais conhecimento e competências ao profissional, bem como melhores salários.

Por isso, se você está interessado em fazer o curso de técnico em segurança do trabalho, não hesite! Pois, você poderá ser muito feliz nessa profissão. Bons estudos!

Compartilhar o texto:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =

Utilizamos cookies para melhorar o desempenho e a utilização do site. Saiba mais