Atestado Médico Falso: Saiba as Consequências!

Saiba quais são as penalidades cabíveis para quem fornece ou utiliza atestado médico falso. Confira o texto!

Um dos truques mais comuns do chamado “jeitinho brasileiro” é faltar ao trabalho e usar um atestado médico falso para não perder o salário do dia.

No entanto, essa prática pode acarretar sérias consequências tanto para quem o emite quanto para quem dele se utiliza.

Atestado médico falso é crime!

Segundo o artigo 302 do Código Penal brasileiro, o médico que fornece atestado falso comete crime, punível com detenção de um mês a um ano. Se o crime for cometido com a finalidade de obter lucro (venda de atestado falso), aplica-se também multa. A pena é a mesma para quem utiliza o atestado falso.

Quem falsifica um atestado verdadeiro incorre no crime de falsificação de documento previsto no artigo 298 do CP, cuja pena varia de um a cinco anos de reclusão, mais multa. Incorre na mesma pena quem utiliza o atestado falsificado.

Kit SST

Entregar atestado médico falso é motivo para demissão por justa causa?

Sim, a apresentação de atestado médico falso configura ato de improbidade (artigo 482, inciso I da CLT), desde que a empresa comprove a falsidade do documento. Caso contrário, o empregador pode até mesmo responder a uma futura ação por danos materiais e morais.

A empresa pode recusar atestado médico “suspeito”?

A princípio, não. É aconselhável que o empregador receba o atestado para apurar sua autenticidade e encaminhá-lo para a Polícia Civil, caso seja descoberta a falsidade do documento.

⇒ Leia também: Falta Injustificada no Trabalho – Saiba as Consequências.

Como descobrir um atestado médico falso?

Se o empregador suspeitar de fraude, a primeira atitude que deve ser tomada é entrar no site do Conselho Regional de Medicina – CRM de seu estado para verificar se o médico que assinou o atestado realmente é inscrito no Conselho. No site, é possível verificar a ficha completa do profissional, incluindo domicílio e especialidade, itens que podem levantar suspeitas.

Se houver dúvidas, pode-se contatar o CRM e o médico para confirmar a autenticidade do atestado.

Compartilhar o texto:

2 Comentários

  1. Boa noite
    Um funcionario pra não perder dinheiro e justificar sua falta apresenta um atestado em seu nome ! Ex : tem um dependente doente e ele apresenta um atestado em seu nome de 10 dias em vez apresentar um atestado de acompanhante. Como proceder neste caso e se pode levar a justa causa ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 6 =