Perigo e Risco: Qual a Diferença?

Saiba a diferença entre perigo e risco. Nos termos da segurança e saúde do trabalho é muito importante saber a diferença entre perigo e risco.

Os termos perigo e risco na segurança do trabalho são resultantes de uma tradução ineficiente do inglês, por isso que no Brasil as vezes são utilizados de maneira confusa, gerando algumas dúvidas.

Existe diferentes definições e interpretações a respeito dos termos perigo e risco. No entanto, basicamente, podemos definir como:

O que é Perigo e Risco?

O perigo define-se como a fonte, situação ou evento com potencial de causar danos à integridade física do trabalhador, as instalações e/ou aos equipamentos do ambiente de trabalho.

Segundo a norma regulamentadora nº 10 do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, determina o termo perigo como toda situação ou condição de risco com probabilidade de causar lesão física ou dano à saúde das pessoas por ausência de medidas de controle.

O risco define-se como a probabilidade de ocorrência a determinada situação ou evento potencialmente perigoso à integridade física do trabalhador, as instalações e/ou aos equipamentos do ambiente de trabalho, em decorrência da efetividade e exposição ao perigo.

Da mesma forma, a norma regulamentadora nº 10 também conceitua a expressão risco como a capacidade de uma grandeza com potencial para causar lesões ou danos à saúde das pessoas.

Exemplos de Perigo e Risco

Exemplo 1:

  • Ação/Atividade: Dirigir um trajeto embriagado;
  • Perigo: Dirigir embriagado;
  • Risco: Morte, acidente, danos materiais, etc.

Exemplo 2:

  • Ação/Atividade: Transporte de carga na empilhadeira;
  • PerigoOperador de empilhadeira não habilitado e autorizado pela empresa;
  • Risco: Acidente, morte, danos materiais, etc.

Exemplo 3:

  • Ação/Atividade: Lavar o piso do local de trabalho;
  • Perigo: Piso escorregadio;
  • Risco: Queda, acidente, ferimentos, etc.

É importante destacar que somente haverá o risco caso exista aproximação do trabalhador e terceiros ao perigo, pois o risco está associado diretamente à exposição ao perigo. A partir da existência de uma aproximação ao perigo, aumenta-se a exposição e consequentemente, o risco. Portanto, podemos afirmar que inicialmente surge o perigo para que depois, se houver exposição, surja o risco.

Qual a Diferença entre Perigo e Risco?

Basicamente, podemos estabelecer a diferença entre o perigo e risco da seguinte maneira:

  • Perigo – É a fonte geradora capaz causar danos corporais e materiais;
  • Risco – É a exposição ao perigo, ou seja, o risco é resultante da exposição a determinado perigo;

Dessa forma, devemos identificar os perigos, estabelecer os riscos, levando em consideração a probabilidade e a gravidade dos riscos. Tal como, se necessário, preparar o plano de ação de controle dos riscos.

Gostou do texto? Então, não deixe de compartilhá-lo:

Avalie esta publicação:

(Ainda sem avaliações)
Loading...
22 Comentário

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA