DDS Reflexão de Vida

Hoje, vamos refletir um pouco sobre o valor da vida. Você já parou para pensar quanto vale a sua vida? Em algum momento você pôde mensurar o valor da sua vida? Tenho certeza que se eu te fizer essa pergunta, a resposta será: minha vida vale muito, não trocaria minha vida por dinheiro nenhum nesse mundo.

Ao ficar doente, você vai ao médico, toma os remédios. Toma os devidos cuidados para não ser contaminado por vírus, para não ser acometido por gripes, resfriados e tantas outras doenças. Ao menor sinal de dor, você fica alerta. Cuida da alimentação, faz atividade física. Tudo isso por quê? Porque você valoriza sua vida, preza por ela e deseja desfrutá-la da melhor maneira possível. Não há como precificar a vida. Ela é valiosa.

Mas, você sabia que em algumas situações você tentou trocar a sua vida por centavos ou até mesmo por segundos? Quantas vezes você deixou sua vida na mão de outros? Quando você atende o celular enquanto está dirigindo, você não está trocando sua vida por segundos? E ao fazer uma ultrapassagem em local proibido? Vale a pena arriscar sua vida por instantes fugazes? Poucos segundos de desatenção pode ser fatal. Você troca sua vida por segundos quando: deixa de colocar o cinto de segurança, deixa de usar os equipamentos individuais de segurança, não sinaliza áreas perigosas ou não respeita a sinalização, usa o celular durante a realização de uma atividade ou ao caminhar pela rua, não se atenta às condições inseguras.

E por centavos? Consegue identificar situações em que você troca sua vida por centavos ou por poucos reais? Ao deixar de comprar o pneu novo, ao deixar de fazer manutenção no carro. São inúmeras situações em que trocamos nossa vida por coisas insignificantes. Agimos por impulso, de maneira negligente e imprudente, e perdemos nossa vida tão valiosa.

Vivemos a época da pressa, da conexão digital, dos múltiplos estímulos. É necessário estar o tempo todo checando o celular, verificando a chegada de novas mensagens. Condicionamos nosso cérebro a isso, tornou-se um vício e nós não nos apercebemos desse fato. Somos levados pelas influências e perdemos o foco, a atenção. Ao nos esquecermos do momento presente, trocamos nossa vida por segundos, por coisas mínimas.

Não negligencie sua vida. Esteja atento aos detalhes. Não deixe sua autoconfiança te levar a tomar atitudes que terão consequências irreversíveis. Ao dirigir, esteja atento, sóbrio, use o cinto de segurança. Respeite a sinalização de trânsito. No trabalho cumpra as normas de segurança. Lembre-se sempre: uma das maiores incoerências da vida humana é que apesar de sermos insubstituíveis, somos substituíveis. Não troque sua vida por segundos ou por centavos.

Leia também:

Compartilhar o texto:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × dois =

Utilizamos cookies para melhorar o desempenho e a utilização do site. Saiba mais