DDS Equipamento de Proteção Coletiva

Equipamentos de proteção individual mais conhecidos como EPI são muito familiares da maioria das pessoas e os EPC´s (Equipamentos de Proteção Coletiva), você conhece?

Certamente já deve ter visto vários deles nas ruas, em obras ou em pequenos reparos em shoppings, supermercados e outros estabelecimentos, mas não sabia que se tratava de um EPC.

Diferença entre EPI e EPC

Vale ressaltar que, muitas pessoas confundem ou não sabem com exatidão a diferença entre equipamento de proteção individual e coletiva.

  • EPI – todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho (NR 6, 6.1). Isto quer dizer que, o seu uso é individual, ou seja, é o trabalhador quem deve utilizar.
  • EPC – todo dispositivo ou produto utilizado com a finalidade de proteger os trabalhadores ao longo de suas atividades que estejam expostos a riscos ambientais significativos, o EPC neutraliza ou minimiza a ação dos agentes, com poder de evitar acidente, doença ocupacional e preservar a integridade física dos trabalhadores, vez que, se possível, o ambiente de trabalho não deveria oferecer risco à saúde e segurança dos funcionários.

O EPC é de uso exclusivo no ambiente de trabalho, ou seja, sua finalidade é proteger a coletividade, sendo assim, sua instalação deve ser no ambiente de trabalho, nunca num indivíduo.

Esses equipamentos coletivos, são muito eficazes e devem ser adotados como primeira alternativa, caso não sejam suficientes, aí parte para a adoção dos EPI’s, amenizando sobrecarregar os funcionários com diversos dispositivos.

Kit Segurança do Trabalho

Os EPC’s são encontrados em diversos estabelecimentos de vários segmentos, seus valores são acessíveis, portanto sua aquisição é de extrema importância e eficácia.

Alguns exemplos de Equipamentos de Proteção Coletiva:

  • Placas de sinalização;
  • Fitas adesivas e fluorescentes;
  • Grades de proteção;
  • Cones de sinalização;
  • Coberturas isolantes;
  • Ar condicionado;
  • Exaustores;
  • Aquecedores;
  • Proteção de partes móveis de máquinas;
  • Corrimão para escada;
  • Cabine de pintura;
  • Sirene contra sinistros;
  • Guarda corpo;
  • Piso antiderrapante;
  • Entre outros.

Ao ver um equipamento de proteção coletiva, é de imprescindível necessidade que respeite a mensagem transmitida, a segurança é garantida quando todos respeitam a prevenção e participam de seu conteúdo.

Assim como os EPI’s, os EPC’s também necessitam de cuidados para se garantir a preservação, segurança e durabilidade do equipamento. Alguns cuidados são imprescindíveis:

  • Adquirir e adotar o EPC adequado para a atividade ou ambiente;
  • Usar somente para a finalidade destinada;
  • Conscientizar e capacitar o funcionário para sua utilização adequada;
  • Tornar o seu uso de cunho obrigatório, conforme especificações;
  • Adotar diretrizes para sua guarda e conservação;
  • Comunicar mudanças que torne o EPC inadequado para o uso;
  • Alterar quando o mesmo estiver danificado ou for extraviado.

O EPC é muito importante para a segurança de todos, tanto os funcionários como pedestres, transeuntes e visitantes, da próxima vez quando encontrar um EPC respeite a sinalização e procure saber para que serve, assim você estará promovendo sua segurança e a de todos ao redor.

Curso PGR e GRO

Compartilhar o texto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =