Quantas advertências gera justa causa?

Uma dúvida muito recorrente durante a relação trabalhista é de quantas advertências gera justa causa. Essas advertências geram efeitos no contrato individual de trabalho na medida que caracteriza algo de errôneo realizado pelo empregado.

O que é advertência?

Com o objetivo de preservar a disciplina no local de trabalho, o empregador tem a autonomia de aplicar advertências. Essas advertências são um anúncio e/ou comunicado para que o empregado tenha a consciência da sua conduta ilícita, seu comportamento e das possíveis consequências em caso de reiteradas atitudes.

Com a advertência, o empregado toma ciência que caso não cumpra com os seus deveres, seu contrato de trabalho pode vir a ser finalizado, podendo ser despedido por justa causa.

Porém, a advertência não é apenas um instituto punitivo, ela é uma medida educativa no rol do ambiente de trabalho. Medida esta, que alerta o empregado de suas ações.

Advertência trabalhista tem validade?

Para que se possa ter validade na advertência trabalhista, deve-se atentar e serem respeitados princípios legais, não podendo ser aplicadas por simples e mero dissabor do empregador. O primeiro princípio se baseia na unicidade da pena, em que consiste no direito do empregador poder aplicar advertência apenas uma vez em relação ao ato praticado pelo empregado. Outro princípio é a proporcionalidade, ou seja, a advertência dada deve ser coerente com o fato danoso praticado.

Em continuidade, o empregador deve se atentar ao princípio da atualidade da punição ao ato praticado. Por fim, já é de costume as empresas manterem uma ordem das punições, sendo primeiramente a advertência, para depois aplicar a suspensão e em último caso, aplicar uma demissão por justa causa.

Se respeitados os princípios aqui expostos, a advertência trabalhista terá validade em sua aplicação, podendo o empregado, se achar que a punição foi excessiva ou que houve humilhação pelo empregador ao empregado, recorrer as vias judiciais para se resguardar dos seus direitos, uma vez que caracteriza falta grave do empregador.

Leia também:

Prazo para aplicar a advertência

Para tratar do prazo para aplicação da advertência, tem como base o princípio da atualidade da punição, uma vez que a punição para a falta cometida pelo empregado deve ser atual, apesar de não haver um período certo determinado em Lei, a falta deve ser punida de maneira imediata, pois se houver um período muito longo entre o fato até a advertência, esse período pode ser entendido como perdão tácito.

Em todos os casos, deve-se observar cada caso em si, pois pode haver condutas que requeiram um maior prazo para realizar a apuração dos fatos e da consequente responsabilidades para se punir.

Modelo de advertência

A advertência dada ao empregado vem por meio de advertência disciplinar, em que o empregador comunicará ao seu funcionário a aplicação de uma punição pela conduta inadequada praticada.

A carta de advertência deve ser impressa em duas vias, assinadas tanto pelo empregador e empregado, ficando cada qual com uma via. Veja o modelo abaixo:

⇒ Download – Modelo de advertência.

Por fim, na Lei trabalhista não elenca quantas advertências gera justa causa, mas o que se vê na prática são os empregadores adotarem a equação de 3 advertências + 1 suspensão ou de 3 advertências + 2 suspensões para resultar uma demissão.

O que deve ficar claro, é que se o empregado cometer qualquer uma das faltas graves elencadas no artigo 482 da CLT, o empregador terá direito de efetuar a demissão por justa causa do funcionário de maneira imediata, sem precisar ter aplicado advertência e suspensão.

Em todos os casos, o empregado tem o direito de se socorrer do judiciário, quando dessas ações resultarem em humilhação e punição excessiva, levando aos autos provas que comprovem a tese apresentada, podendo por fim o Magistrado anular a dispensa por justa causa.

Veja também

Gostou do texto? Então, não deixe de compartilhá-lo:

Avalie esta publicação:

(Ainda sem avaliações)
Loading...

Uma ideia sobre “Quantas advertências gera justa causa?

Comentário

CAPTCHA