Quantos dias de atestado para entrar no INSS?

Saiba sobre quantos dias de atestado para entrar no INSS. Confira!

Os dias de afastamento por atestado necessários para requerer o auxílio-doença ao INSS variam de acordo com a categoria do trabalhador. São consideradas categorias de segurados para a Previdência Social: empregado, empregado doméstico, contribuinte individual, trabalhador avulso, segurado especial e segurado facultativo.

Para o empregado, é necessário que o afastamento em virtude de atestado seja de 15 dias. Assim, essa categoria terá direito a requerer o auxílio-doença a partir do décimo sexto dia de afastamento. Os primeiros 15 dias são de responsabilidade da empresa, conforme disciplina o §3º do artigo 60, da Lei 8.213/91.

Já as demais categorias não têm essa limitação temporal para entrar no INSS. Para o empregado doméstico, o contribuinte individual, o trabalhador avulso, o segurado especial e o segurado facultativo, o benefício é devido a partir da Data do Início da Incapacidade (DII), se requerido por segurado afastado por menos de 30 dias. Quando requerido por segurado afastado por tempo superior a 30 dias, o benefício será devido da Data de Entrada do Requerimento (DER).

O requerimento do auxílio-doença, para qualquer das categorias, poderá ser feito diretamente na página da Previdência Social, que pode ser acessada através do link: www.previdencia.gov.br/servicos-ao-cidadao/todos-os-servicos/auxilio-doenca/.

No dia da realização da perícia é importante comparecer à Agência da Previdência Social munido dos seguintes documentos:

  • Documento de identificação com foto;
  • CPF;
  • Carteiras de Trabalho, carnês de contribuição ou outros documentos que possam comprovar as atividades exercidas;
  • Documentos médicos;
  • Para o segurado empregado, apresentar declaração assinada e carimbada pelo empregador, onde conste a Data do Último dia de Trabalho (DUT);
  • Para o segurado especial, apresentar documentos que comprovem essa categorização.

É importante comparecer com uma certa antecedência em relação ao horário de marcação da perícia, pois é muito comum que seja necessário realizar acerto nos dados cadastrais antes da avaliação médico-pericial. Outra informação relevante, para quem necessita acionar o INSS em caso de incapacidade, é que o resultado da perícia só é entregue no momento do atendimento ao segurado empregado, que tem a obrigação de informar à empresa até que dia foi concedido o afastamento pelo perito médico.

Para as demais categorias, o resultado poderá ser obtido no site da Previdência Social. Se o segurado quiser o resultado no mesmo dia em que foi realizada a perícia, ele só estará disponível a partir das 21h. A partir do dia seguinte ao da perícia, o resultado poderá ser consultado a qualquer momento.

Para que se tenha acesso ao resultado da perícia médica, é necessário acessar o site do INSS, por meio do link: www2.dataprev.gov.br/sabiweb/relatorio/imprimirCRER.view?acao=imprimir_CRER e informar os seguintes dados:

  • Número do benefício ou do requerimento;
  • Data de nascimento;
  • Nome;
  • CPF.

No site também é possível consultar o agendamento da perícia, para verificar a data, a hora e o local para os quais foi marcada a avaliação médico pericial. A consulta está disponível através do link: www2.dataprev.gov.br/sabiweb/consulta/inicio.view#sabiweb e deverão ser informados os mesmos dados citados acima para consulta ao resultado da perícia.

Veja também

Comentários

  1. Wellington Laurindo da Silva

    Gostaria de saber se dois atestados um di 5 dias e outro de 15 dias da direito ao Inss, pois uns diz q tenho direito e outros não estou na dúvida no aguardo.

    Sds: Wellington

    Responder
  2. Cléa Soares

    Tenho atestado de 14, esse mês e hj pequei mais 01 dia que faz 15 dias, sou obrigada entra pelo o INSS?

    Responder
  3. Márcia Sandra

    Gostaria de saber se treis atestado um de 5 outro de 14 e um de 12 eu entro pelo INSS ou é meu patrão que paga trb de babar que entra na cad de doméstica.

    Responder
  4. Luana Santos

    Olá,
    Gostaria tirar uma dúvida peguei um atestado de 7dias com o cid F41 e voltei a empresa e trabalhei por 3 dias e peguei mais 14 dias pelo mesmo cid F41 …. totalizando 21 dias afastada este mês de setembro a empresa me informou que já estou afastada pelo inss isso procede ?

    Responder
    1. Ailson

      Procede pois ultrapassou os 15 dias e sendo assim a perícia já deve ser agendada para passar em avaliação junto ao INSS.

      Responder
  5. Mônica

    Tenho um atestado de 5 dias mais minha patroa disse que tenho que ir ao INSS porque não tenho direito de receber, mas eu sei que é depois dos 15 que recebo pelo INSS

    Responder
  6. Wando

    Bom dia estou de atestado a 14 dias mais ainda não melhorei minhas férias está marcada para o mês seguinte se eu encosta pelo inss vou perde minha férias

    Responder
  7. Selma

    Meu marido pegou um atesto de 10 dias voltou trabalhou trabalhou 2 semanas e tirou outro atestado de 14 dias outro médico e outro Cid.entra pelo INSS

    Responder
  8. Patrícia

    Uma dúvida, peguei atestado de 15 dias devido uma cirurgia que realizei dia 18/10, devendo voltar ao trabalho dia 02/11 e fiquei sabendo que estou de folga dia 02 , devendo voltar ao trabalho dia 03/11, já entro na caixa por isso ou devo ir realmente amanhã ao trabalho ?

    Responder
  9. Alessandro

    Bom dia, estou no tratamento de hanseníase, a minha médica me deu um atestado de 30 dias, tem validade pra da entrada no INSS, minha perícia foi marcada pra três mês…

    Responder
  10. Renata

    Olá bom gostaria de saber, estou gestante de 8 meses e estou com cólicas. Fui na minha médica na quinta dia 30/11/17, e ela me deu 2 dias de atestado, e pediu para mim voltar na segunda. Voltei segunda dia 4/12, e ela me deu mais 13 dias, que totaliza 15 , nesse caso entro para caixa?

    Responder
  11. Elaine Luci Felizardo

    Dei atestado de 10 dias em outubro e um de 7 dias em novembro, mesmo cid, a empresa me mandou para o INSS isso é correto?

    Responder

Comentário