EPI para Soldador

O soldador está exposto a diversos riscos, dos quais o uso de Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC) não são suficientes para garantir a segurança e eficácia do trabalhador, necessitando assim, inserir alguns equipamentos ou de Equipamentos de Proteção Individual.

Equipamentos de Proteção Individual – EPI para Soldador

A seguir, uma lista dos principais EPIs utilizados e para quais tipos de solda eles se aplicam:

Máscara de Proteção para Fumos

Como o processo de soldagem se dá pela fusão dos materiais, é comum a liberação de gases, derivados da fusão de revestimentos (tintas, óleos, recobrimento galvânico, partes cromadas e niqueladas) e elementos de ligas, contudo, esses gases podem apresentar níveis de toxidade significativos, que podem causar desde irritações nas vias respiratórias e nos olhos, causando oftalmia elétrica, até outras doenças, como manganismo (intoxicação por manganês), fluorose (causada principalmente pelo fluoreto de cácio), intoxicação por óxido de zircônio, além de disfunções sobre o sistema nervoso, causado pelo manganês, alumínio, cobre, chumbo e outros.

O uso da máscara é essencial para qualquer tipo de solda, pois solda a gás, principalmente aquelas que utilizam cilindros de oxigênio, destacando oxi-acetileno, apresentam quantidade de óxidos voláteis consideráveis. Já a solda de arco elétrico, que são as mais comuns, como eletrodo revestido, MIG-MAG, TIG, Arame Tubular e Arco submerso, e a solda por resistência elétrica (usada na eletrônica), além do problema com gases, pode ocorrer respingos.

⇒ Leia também: DDS – Solda TIG e MIG.

Ebook GRO e PGR

Mascaras de Solda

Este equipamento deve ser usado principalmente em soldas que emitem radiação, como a MIG, TIG e Eletrodo Revestido. Este equipamento cobre o rosto completamente por um material leve como plástico ou fibra de vidro e um visor composto por um conjunto de lentes translucidas protetores e lentes escuras neutralizador. Algumas apresentam lente de auto-escurescimento, no lugar dos vidros protetores.

Aventais, Mangas e Casacas

São utilizados para proteger principalmente o peito de respingos e ambos desprovidos de bolsos. Geralmente a casaca protege tronco e braços, já o avental peito e parte das pernas, em alguns casos, há mangas, que protegem os braços também, mas é comum encontrar soldadores que utilizam o avental junto com o conjunto de mangas.

Utiliza-se mais aventais e casacas de couro nas soldas por arco elétrico, principalmente MIG, eletrodo revestido e TIG.

Luvas de cano alto

Protege as mãos de eventuais queimaduras e possíveis choques, cortes pela presença de cantos vivos ou propriedades do material, além das descargas elétricas presentes nas soldas de arco elétrico (como MIG-MAG, TIG, Eletrodo Revestido). Existem dois modelos principais, o de vaqueta maleável e o de raspas de couro com reforço nas palmas das mãos mais resistente usadas para trabalhos maiores.

Tocas de Algodão e Óculos de Proteção

As toucas de algodão protegem cabeça, orelhas e pescoço de respingos que ocorrem com frequência nas soldas MIG-MAG e eletrodo revestido. Já os óculos de proteção incolor devem ser usado mesmo por baixo da máscara de solda, pois respingos podem se projetar por baixo da máscara e atingir o rosto e olhos do soldador.

Botas de Segurança – Bico de Aço

Ao manusear peças grandes ou a presença de peças no piso criam risco de acidente iminentemente.

Protetor Auricular

O protetor auricular deve ser usado sempre que há ruído em excesso (acima de 80 decibéis) ou do tipo concha ou do tipo plug.

Compartilhar o texto:

5 Comentários

  1. Faltou citar perneiras de coro pois muitas das empresas que trabalhei fornecem sapato tipo tênis que permite que os respingo caíam dentro do sapato

  2. Desculpe mas a touca não teria que ser ante chama pois algodão poderia a pegar fogo com as faiscas dependendo da amperagem a fagulha e “grande”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =