Porque fazer o Curso Técnico em Segurança do Trabalho

Cada vez mais, os patrões têm investido na segurança do trabalho de seus funcionários com o objetivo de promover a saúde e segurança dos trabalhadores, garantir uma boa imagem e a produção da empresa.

A partir da publicação da Portaria n.º 3.214, de 08 de junho de 1978, as instituições passaram a ser obrigadas a contratar profissionais da área de segurança e saúde  do trabalho, conforme o grau de risco e total de funcionários existentes na empresa.

O técnico em segurança do trabalho, juntamente com os empregadores e empregados são responsáveis pela prevenção de acidentes, promoção da saúde e preservação do meio ambiente. Além disso, o técnico em segurança do trabalho auxilia o empregador e demais trabalhadores no cumprimento das normas de segurança e saúde e, nos casos de acidentes, analisa e investiga as causas na busca de eliminar os riscos.

Com isso, a procura pela profissão só tem a crescer e o mercado de trabalho, bastante favorável, uma vez que os Técnicos em Segurança do Trabalho podem atuar em estabelecimentos comerciais públicos e privados, indústrias, fabricantes e representantes de equipamentos de segurança, além de sindicatos e entidades de classe.

Além do benefício de sempre ter uma vaga disponível para a atuação, existem diversas vantagens em se fazer um curso técnico em segurança do trabalho. Abaixo, listamos as principais:

  • Papel Social – Atuar na área de segurança do trabalho é estar atento à todas as possibilidades de acidentes e riscos à saúde de um modo geral. Assim, o acidente do trabalho é um problema social que pode ser minimizado através da função desempenhada pelo profissional técnico. O técnico em segurança do trabalho defende o direito a um ambiente favorável e sem riscos de acidentes, com a manutenção da saúde laboral e o bem estar de todos os funcionários da empresa.
  • Inovação – Inovar faz parte de qualquer profissão. Entretanto, na segurança do trabalho o profissional tem a chance de apresentar novas ideias e sugestões a cada dia, reafirmando a qualidade do ambiente de trabalho.
  • Percepção do Risco – Uma das principais atribuições do técnico em segurança do trabalho é perceber o risco antes que eles se concretizem. Essa característica faz com que a pessoa formada na área esteja um passo à frente, tanto no que diz respeito às atividades da empresa, como nas tarefas realizadas no dia a dia.
  • Qualidade de vida: Proporcionar qualidade de vida para os funcionários de uma instituição é uma das tarefas do técnico em Segurança do Trabalho. Essa benfeitoria está relacionada à qualidade do local de trabalho e envolve procedimentos que vão da saúde e bem estar dos empregados à preservação do meio ambiente.
  • Saúde e segurança para todos: A intervenção de um técnico de Segurança do Trabalho garante um clima saudável e harmonioso para a empresa, uma vez que, através dos métodos implementados no local, é possível certificar a saúde e segurança de todos. Essa garantia de um ambiente confiável proporciona a sensação acolhedora entre patrões e empregados.

Ao concluir o curso Técnico em Segurança do Trabalho, o profissional terá um vasto campo de atuação e estará preparado para agir em ações de prevenção de acidentes e educativas para a orientação do uso de equipamentos de segurança, além de executar o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais.

A capacitação também proporciona benefícios para a rotina diária do especialista, com a garantia de saúde, bem estar e olhar atento ao longo de toda a sua vida pessoal.

Gostou do texto? Então, não deixe de compartilhá-lo:

4 Comentário

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − 4 =