O que é PPR – Programa de Proteção Respiratória

Se você procura saber o que é PPR, então está no lugar certo!

Primeiramente, a sigla PPR trata-se da abreviação referente ao Programa de Proteção Respiratória.

O que é PPR?

O Programa de Proteção Respiratória – PPR trata-se do conjunto de ações implantadas na empresa no campo da segurança e saúde dos trabalhadores, contra a exposição aos riscos químicos e biológicos presentes no ambiente laboral.

Em 1994, o programa de prevenção respiratória tornou-se obrigatório, onde for necessário o uso de EPR, através da Instrução Normativa nº 1, de 11 de abril de 1994, do Ministério do Trabalho e Emprego, que estabelece o regulamento técnico sobre o uso de equipamentos para proteção respiratória.

⇒ Leia também: O que é EPR – Equipamento de Proteção Respiratória.

De acordo, o § 2º do art. 2 da Instrução Normativa nº 1, de 11 de abril de 1994, do Ministério do Trabalho e Emprego, determina que:

§ 2º – Para a adequada observância dos princípios previstos neste artigo, o empregador deverá seguir, além do disposto nas Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho, no que couber, as recomendações da Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho – FUNDACENTRO contidas na publicação intitulada “PROGRAMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA – RECOMENDAÇÕES, SELEÇÃO E USO DE RESPIRADORES” e também as Normas Brasileiras, quando houver, expedidas no âmbito do Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial – CONMETRO.

Para mais informações sobre a publicação do Programa de Proteção Respiratória: Recomendações, Seleção e Uso de Respiradoresda Fundacentro, por favor, acesse: Portal Fundacentro.

Objetivo do PPR

O Programa de Proteção Respiratória – PPR tem como objetivo adequar a utilização dos equipamentos de proteção respiratória – EPR, quando necessário para complementar as medidas de proteção coletiva implementadas, ou enquanto as mesmas estiverem sendo implantadas, com a finalidade de garantir uma completa proteção ao trabalhador contra os riscos existentes nos ambientes de trabalho.

Conteúdo do PPR

O Programa de Proteção Respiratória – PPR deve contemplar, no mínimo, os seguintes itens:

  • A administração e os procedimentos do programa;
  • O monitoramento apropriado e periódico das áreas de trabalho e dos riscos ambientais a que estão expostos os trabalhadores;
  • O uso adequado dos mesmos levando em conta o tipo de atividade e as características individuais do trabalhador;
  • A orientação ao trabalhador para deixar a área de risco por motivos relacionados ao equipamento;
  • A indicação do equipamento de acordo com os riscos aos quais o trabalhador está exposto;
  • O uso individual dos equipamentos, salvo em situações específicas, de acordo com a finalidade dos mesmos;
  • Os critérios para a seleção dos equipamentos de proteção respiratória;
  • As características físicas do ambiente de trabalho;
  • A instrução e o treinamento do usuário sobre o uso e as limitações do EPR;
  • A guarda, conservação e a higienização adequada dos equipamentos.
Validade do PPR

Não existe um tempo pré-estabelecido acerca da validade do PPR, porém recomenda-se realizar pelo menos uma revisão ao ano ou sempre que ocorrer qualquer alteração no ambiente de trabalho ou na execução de determinada atividade.

Gostou do texto? Então, não deixe de compartilhá-lo:

9 Comentário

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA