5 Dicas de Comportamento Seguro no Ambiente de Trabalho


Todas as ações humanas envolvem riscos e quanto melhor o comportamento na forma de agir, melhor será a segurança.

Mesmo em casa há riscos de acidentes, quedas, contaminações, assim como no trânsito, onde ocorrem diariamente acidentes e conflitos, além de ser um ambiente potencialmente estressante, na rua também estão presentes os riscos da criminalidade, principalmente roubos e assaltos.

No ambiente de trabalho não é diferente, nele contém alguns riscos à saúde e à segurança do trabalhador, por isso, assim como em qualquer outro ambiente, faz-se necessário o comportamento seguro.

Portanto, continue a leitura para entender sobre o que se trata o comportamento seguro no ambiente de trabalho e dicas de como se comportar de tal maneira, prevenindo assim acidentes e doenças ocupacionais.

O que é comportamento seguro?

Na área da saúde existe o conceito de comportamento saudável, o qual se relaciona com o comportamento seguro no ambiente de trabalho.

Comportamento saudável é aquele que mantém ou promove a saúde, por exemplo: praticar atividade física, alimentar-se bem, ter lazer, ter bom convívio com as pessoas, estar atento ao funcionamento do organismo, não fumar, não beber exageradamente, não fazer uso de outras drogas, ter hábito de reflexão, etc.

O comportamento seguro no trabalho consiste no desempenho das atividades de acordo com os parâmetros de segurança e saúde no trabalho, seguindo assim a linha de comportamento saudável, pois ambos estão no campo da prevenção e tem como objetivo à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, tal como dos visitantes e do meio ambiente.

Quais são os comportamentos seguros no ambiente de trabalho?

Alguns comportamentos seguros no ambiente de trabalho estão discriminados a seguir, leia verificando se você pratica estes comportamentos:

  1. Utilizar o EPI de forma correta e adequado ao risco da atividade;
  2. Avisar quando algum equipamento ou máquina está inadequado para uso;
  3. Guardar e conservar os EPI corretamente;
  4. Se posiciona de foma correta (ergonomicamente) ao desempenhar sua função;
  5. Utilizar o cinto de segurança a caminho ou no trabalho;
  6. Manter o ambiente de trabalho organizado e limpo;
  7. Ser gentil e atento com as demais pessoas no ambiente de trabalho;
  8. Utilizar equipamentos e ferramentas adequadas;
  9. Verificar a condição das máquinas, dos objetos e equipamentos;
  10. Realizar pausas e alongamentos no trabalho.

Enfim, são inúmeros os comportamentos seguros no ambiente de trabalho, foram citados 10 exemplos acima, então reflita: Destes dez comportamentos, quantos você realmente executa?

5 dicas de como promover o comportamento seguro no ambiente de trabalho:

Tanto os gestores como os trabalhadores sempre podem contribuir com a segurança e a saúde no trabalho, por isso abaixo há 5 dicas de como promover comportamentos seguros no ambiente de trabalho, confira:

1. Promover treinamentos

Essa dica é importante para os gestores, que consiste em aliar-se com os profissionais que possam conceder orientações, diálogos e treinamentos acerca da realização de determinada tarefa ou procedimento, visando à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores.

2. Verificar sempre

Esta dica é direcionada tanto aos trabalhadores quanto aos gestores. Os trabalhadores devem observar diariamente as condições de trabalho. Estas verificações evitam que o trabalhador seja pego de surpresa e ocorra algum acidente de trabalho.

Os gestores, por sua vez, podem verificar constantemente como os trabalhadores estão se comportando, tornando possível detectar comportamentos de risco e assim, interferir para que se transforme em comportamentos seguros no ambiente de trabalho.

3. Conscientizar

Essa dica vale tanto para os trabalhadores como para os gestores, isto é, os trabalhadores que possuem consciência da importância do comportamento seguro, devem repassar e reforçar essa ideologia aos colegas, contribuindo para uma maior segurança e saúde na empresa.

Os gestores, por sua vez, devem conscientizar os colaboradores através de palestras, treinamentos, diálogos e eventos. Visando, orientar e mostrar aos trabalhadores inúmeras questões importantes relacionadas ao comportamento seguro no ambiente de trabalho. Por exemplo: o uso de EPI, que não deve ser motivado pelo medo de ser advertido ou demitido, mas sim pela atitude de amor a si mesmo e ao próximo, bem como uma forma respeitosa de demonstrar comprometimento com a empresa, aos familiares e amigos.

4. Recompensar

O reconhecimento é um combustível potente na motivação, dessa forma as lideranças da empresa deve saber como recompensar o trabalhador que mantém comportamentos seguros no ambiente de trabalho, seja através de elogios, agradecimentos, etc. Pois, o reconhecimento é muito gratificante e faz com que o comportamento seguro seja reforçado, tal como incentiva às pessoas próximas a fazerem o mesmo.

5. Analisar

A qualidade de vida dentro e fora do trabalho está muito relacionada aos comportamentos seguros e saudáveis, por isso a última dica é analisar a própria vida, como o relacionamento pessoal, o prazer em trabalhar, o condicionamento físico, a frequência que fica doente (ex: resfriado, infecção/inflamação de garganta, dor de cabeça, problemas gastrointestinais, etc).

Esta análise é em nível individual, se tudo parecer mais negativo do que positivo, então está na hora de mudar os hábitos e adquirir comportamentos mais seguros e saudáveis, seja no ambiente de trabalho ou em demais ambientes.

Gostou das dicas de comportamento seguro no ambiente de trabalho? Então, não deixe de acompanhar o Blog Segurança do Trabalho pelas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Google plus.


Veja também

Uma ideia sobre “5 Dicas de Comportamento Seguro no Ambiente de Trabalho

Comentário