Depressão no Ambiente de Trabalho

Pode não parecer, mais o ambiente de trabalho guarda diversos aspectos que podem afetar a saúde física e emocional do funcionário. A segurança e saúde do trabalho é a área que se importa em preservar a integridade física e emocional dos colaboradores através de ações que previnem os acidentes e as doenças relacionadas ao trabalho.

A depressão no ambiente de trabalho é um dos distúrbios psicológicos mais comuns que causa afastamentos e incapacidade laboral, é um assunto sério que merece atenção.

O que é depressão no ambiente de trabalho?

Depressão é um disfuncionamento psicológico de diversos níveis, caracterizado basicamente por uma condição apática. Assim como outras doenças e psicopatologias, a depressão também constitui uma lista de doenças relacionadas ao trabalho. A depressão no ambiente de trabalho. É, portanto, entendida como o distúrbio psicológico que tem sua etiologia relacionada aos aspectos do trabalho.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que até o ano de 2020 a depressão será o principal motivo de afastamento do trabalho, diante disso, a sociedade e as organizações devem procurar medidas preventivas.

Causas da depressão no ambiente de trabalho

O trabalho pode ser um fator de desenvolvimento ou de agravamento do quadro depressivo, diante disso sabe-se que há alguns aspectos possivelmente presentes no ambiente de trabalho que se configuram como fatores desencadeantes da depressão no ambiente de trabalho, veja alguns destes fatores:

  • Pressão e exigência exarcebados;
  • Situações estressantes por tempo prolongado;
  • Assédio moral;
  • Assédio sexual;
  • Mal relacionamento interpessoal;
  • Bullying;
  • Falta de reconhecimento e recompensa;
  • Horários mal distribuídos;
  • Excesso de trabalho;
  • Risco de acidentes.

Sintomas de depressão no ambiente de trabalho

É preciso saber identificar os sinais da depressão no ambiente de trabalho, muitas vezes a pessoa acometida atribui o modo como se sente ao cansaço, estresse, perda de motivação, mas estes aspectos não podem ser vistos como causa da condição e sim como sintoma. Fique atento aos sinais da depressão:

  • Queda da autoestima;
  • Apatia;
  • Prejuízo do sono;
  • Mudança no apetite;
  • Falta de interesse nas atividades laborais;
  • Falta de interesse nas relações pessoais (sexo, família, lazer, compromissos sociais);
  • Dificuldade de concentrar-se no trabalho;
  • Memória afetada;
  • Cansaço e fadiga;
  • Choro frequente;
  • Absenteísmo;
  • Queda da produtividade;
  • Incapacidade/dificuldade de realizar ou finalizar tarefas laborais.
Como evitar a depressão no ambiente de trabalho

É responsabilidade tanto da empresa como do trabalhador cuidar da saúde do mesmo, isto inclui atitudes da empresa que previnam e eliminem fatores de risco, bem como inclui a procura de uma qualidade de vida por parte do próprio funcionário.

Isto quer dizer que a empresa pode investir em medidas como treinamento de liderança, que proporciona uma boa relação entre funcionário e chefia, além de que um bom líder sabe recompensar e reconhecer o trabalho dos funcionários, sabe intermediar conflitos, identificar problemas e riscos de saúde precocemente.

Além disso, a empresa pode investir em serviços especializados que auxiliam na prevenção da depressão no ambiente de trabalho como ginástica laboral, pois a atividade física beneficia o humor e o bem-estar, bem como psicólogos, que auxiliam na identificação e eliminação de fatores de risco emocionais e podem encaminhar para psicoterapia ou mesmo realizar dinâmicas e palestras motivadoras.

Por sua vez, o próprio funcionário pode buscar um estilo de vida saudável, através da melhora na alimentação, realização de atividade física regular e prazerosa, busca de lazer, descanso e busca de ter bons momentos fora do trabalho. Além disso, é preciso que o funcionário saiba se desligar dos problemas do trabalho quando estiver no ambiente familiar, é preciso trabalhar para viver e não viver para trabalhar.

Como lidar com a depressão no ambiente de trabalho

Infelizmente, mesmo havendo medidas preventivas, há pessoas que são predispostas a desenvolver um quadro depressivo. Desta forma, é preciso saber não somente como evitar, mas também como lidar com a depressão no ambiente de trabalho.

O primeiro passo é identificar o quadro, para que haja intervenção na equipe como um todo, na cultura organizacional e no próprio funcionário acometido.

A intervenção pode incluir palestras, reuniões e medidas de conscientização para que os colegas saibam lidar e ajudem a pessoa acometida a enfrentar a depressão da melhor forma possível.

Pode haver uma necessidade de remanejo de cargo, já que o funcionário com quadro depressivo se vê com dificuldade de concentração, produtividade, atenção, etc. Outra possibilidade da empresa é encaminhar e custear o tratamento psicológico do funcionário.

A empresa também deve intervir diretamente nos fatores de risco, isto é, promover um ambiente de trabalho com condições adequadas para contribuir com a melhora do funcionário e para evitar novos quadros de depressão no ambiente de trabalho.

Veja também

Gostou do texto? Então, não deixe de compartilhá-lo:

Comentários

  1. Thiago

    A depressão em ambientes de trabalho é muito comum principalmente se a pessoa faz alguma coisa que odeia e ainda por cima ganha muito mal.

    Responder
  2. Diana

    Ñ quero mais trabalhar na empresa onde estou, vou todos os dias desanimada, sem ânimo,empurrando com a barriga como diz o ditado, ñ tenho vida social ñ tenho interesse em mais nada ñ sei o que fazer.

    Responder
  3. Leonardo

    Todo trabalho tem seu momento fadigantes, como as vezes somos desmotivados chegamos questionar nosso ramo profissional e as nossas condições de trabalho, o que nosso amigo prevencionista Thiago disse e verdade, sera que estamos feliz com o meu trabalho, sera que esse salario que recebo esta me agrando, o que posso fazer para mudar isso, quais são as minhas prioridades, se não tenho outra opção de emprego cabe a minha pensar de outra forma e tetar ver com outros olhos para adequar a um ambiente melhor para mim. Diana intendo muito bem o seu caso e sei que e difícil, quando nós falta oportunidades boas ficamos preso é algo que temos que não nós agrada, essa tem que ser uma mudança a ser pensado com carinho a respeito do seu momentos pessoal e os momentos profissional, temos que ter um intervalo e condições para vivenciar os dois sem esgotar um ao outro, valorize tanto seu trabalho e tanto sua vida pessoal, família, lazer tem que ser respeitado para ter um ambiente de trabalho também prazeroso. Um abraço galera, bom site….

    Responder
  4. josé angelo

    Boa tarde pessoal. Quero compartilhar com vcs a minha insatisfação na profissão, tento fazer o básico a empresa não deixa e depois cobra quando algo dá errado. Todo dia venho me arrastando para o trabalho, já não sei mais o que fazer.

    Responder

Comentário

CAPTCHA