Segurança no Trabalho de Pintura


Quem trabalha com pintura está constantemente exposto a riscos, tanto de contaminação, intoxicação, por manipular produtos tóxicos, inflamáveis, pela poeira e resíduos, quanto de queda. Por isso, é indispensável o uso de equipamentos de proteção.

Nesse DDS de segurança no trabalho de pintura discutiremos quais os principais riscos e cuidados para esses profissionais.

Os profissionais devem ter à sua disposição durante o trabalho os seguintes EPIs: capacete, óculos de proteção, luva nitrílica, protetor auricular (quando necessário), máscara semifacial, avental de PVC, calçado de segurança e cinto de segurança para trabalhos em altura.

Dicas de Segurança no Trabalho de Pintura

Conhecimento do local

  • Conhecer o trabalho a ser realizado e o local em que se irá trabalhar. Isso diminui consideravelmente os riscos de acidentes.
  • Fazer inspeção minuciosa dos andaimes diariamente ou no início de cada novo turno. Em caso de problemas, avise a área responsável pela manutenção.
  • Verifique a proximidade da rede elétrica. Caso ofereça riscos, peça o desligamento.

Trabalho em altura

  • Para trabalhos em altura, além do cinto de segurança para o trabalhador, a área abaixo do andaime deve estar isolada, para evitar riscos também a quem está abaixo no caso de queda de qualquer objeto.
  • Cuide ao realizar a pintura próximo a extremidades ou locais abertos, como janelas e sacadas. Utilize sempre o cinto de segurança.
  • Para trabalhos em altura acima de 1,80m é necessário que o andaime tenha guarda corpo.

Organização

  • Cuide com a bagunça. Ela é uma das maiores provocadoras de acidentes. Manter o local de trabalho organizado evita vários problemas.

Saúde

  • Não se esqueça de usar os EPIs recomendados para a tarefa que executará.
  • Mantenha seus exames periódicos em dia. Eles podem diagnosticar precocemente lesões e doenças, o que diminui o risco de sequelas.
  • Ao carregar ou levantar qualquer objeto, faça-o de forma correta para não sobrecarregar a coluna. Nunca erga peso acima de sua capacidade física.
  • Evite contato prolongado com produtos químicos e tóxicos. É importante conhecer a composição do produto que está sendo utilizado através do rótulo. Usar roupas longas, botas e EPIs. Também evite ficar com a roupa suja de produto tóxico, troque sempre que possível.

Preparo do local

  • Quando for preparar a parede para a pintura utilizando lixas e outras ferramentas que produzem poeira e resíduo, use máscara e óculos de proteção.

Produtos tóxicos e inflamáveis

  • Ao utilizar tíner ou outros solventes, utilize os equipamentos recomendados: luvas, máscara, óculos, avental e botas.
  • Manipule esses produtos em áreas ventiladas e abertas. Em caso de uso em áreas confinadas, é importante avaliar a necessidade de aparelho respiratório.
  • Nunca reutilize essas embalagens para qualquer outra finalidade. Faça o descarte conforme orientação do fabricante.
  • Não se alimente ou beba qualquer coisa durante a aplicação do produto.
  • Quando finalizar sua aplicação, troque as roupas e EPIs sujos de produto. Retire todas as estopas, panos e espumas que contenham o produto do local de trabalho e faça o correto descarte ou armazenamento. Alguns produtos, quando combinados, podem entrar em combustão.

Antes de começar o trabalho, é importante verificar a documentação da obra, licenças e também os registros dos produtos. Também é importante verificar a segurança do local, avaliando a mobilidade em caso de necessidade de rápida evacuação.

Cabines de Pintura – Quais os cuidados?

Um dos equipamentos de proteção individual essencial é o de proteção respiratória, use sempre máscaras semifaciais que impeçam a inalação da poeira e de vapores de tinta.

O equipamento evita também a inalação de monóxido de carbono, que pode causar uma morte silenciosa. O monóxido é produzido por máquinas de compressão de ar. Elas devem sempre ser instaladas em áreas ventiladas. Os sintomas de exposição a CO2 são: dor de cabeça, mal-estar, confusão e até perda de consciência. Em ambientes com alto risco de presença de CO2, recomenda-se a utilização de um filtro especial que remove esse gás do ambiente.

Há ainda riscos de contaminação com primers, acabamentos e vernizes que causam problemas respiratórios crônicos, como rinite, asma e bronquite. A saúde é nosso maior bem, por isso todo cuidado é pouco. Só há risco onde há descuido.


Veja também

Comentário