Movimentação de Cargas


O que é Movimentação de Cargas?

movimentação de cargas trata-se de uma técnica utilizada para içar, transportar e deslocar determinada carga com o auxílio de máquinas, equipamentos ou manualmente.

A movimentação de cargas tem como objetivo facilitar o transporte, a montagem e o armazenamento das cargas.

Além disso, o processo de movimentação de cargas deverá minimizar ou eliminar os possíveis riscos ergonômicos (movimentos repetitivos, esforço físico intenso, levantamento e transporte manual de peso, etc) presentes na execução da atividade.

Acessórios e Equipamentos de Movimentação de Cargas

Existe inúmeros equipamentos utilizados para a movimentação de cargas, entre eles, destacaremos os seguintes: Guindaste, Empilhadeira, Ponte rolante, Elevador de carga, Guincho, Talhas, Caminhão munck, Ascensores, etc.

No entanto, entre os acessórios mais utilizados para a movimentação de cargas, podemos destacar os seguintes: Cabos de aço, Ganchos, Esticadores, Eslinga, Moitão, Correntes, Cintas, Manilhas, cadernal, Roldanas, Olhal de suspensão, Soquete, Sapatilha, Grampo para cabos (Clip’s), Esticadores, etc.

Legislação da Movimentação de Cargas

Primeiramente, é importante destacar que a norma regulamentadora nº 11 (Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais) do Ministério do Trabalho e Emprego, busca estabelecer os requisitos mínimos obrigatórios de segurança à serem observados pelos empregadores e empregados na movimentação de cargas e na prevenção dos acidentes de trabalho.

Assim como, a norma regulamentadora nº 12 (Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos) e a norma regulamentadora nº 17 (Ergonomia) também estabelecem aspectos importantes de serem observados durante a movimentação de cargas.

Além disso, a Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT também estabelece normas técnicas relacionadas a movimentação de cargas, como:

  • NBR 16147:2013 (Equipamentos de levantamento e movimentação de cargas — Comissionamento — Especificação);
  • NBR 7500:2013 (Identificação para o transporte terrestre, manuseio, movimentação e armazenamento de produtos);
  • NBR 8400:1984 (Cálculo de equipamento para levantamento e movimentação de cargas – Procedimento);
  • NBR 10014:1987 (Moitão e cadernal de aço para movimentação de carga em embarcações – Especificação);
  • NBR 11436:1988 (Sinalização manual para movimentação de carga por meio de equipamento mecânico de elevação – Procedimento);
  • NBR 13545:2012 (Movimentação de cargas — Manilhas);
  • NBR 10014:1987 (Moitão e cadernal de aço para movimentação de carga em embarcações – Especificação);
  • NBR 10015:1987 (Moitão e cadernal para movimentação de carga em embarcações – Ensaio de carga – Método de ensaio);
  • NBR ISO 3108:1998 (Cabos de aço para uso geral – Determinação da carga de ruptura real);
  • NBR 13541:2014 (Linga de cabo de aço);
  • NBR 7557:1982 (Guindaste de pneus);
  • NBR ISO 2408:2008 (Cabos de aço para uso geral – Requisitos mínimos);
  • NBR ISO 4309:2009 (Equipamentos de movimentação de carga – Cabos de aço – Cuidados, manutenção, instalação, inspeção e descarte);
  • NBR 15637:2012 (Cintas têxteis para elevação de cargas);
  • NBR ISO 11228-3:2014 (Ergonomia — Movimentação manual – Parte 3: Movimentação de cargas leves em alta frequência de repetição);
  • Entre outras.

APR – Movimentação de Cargas

Aproveitando a oportunidade, disponibilizaremos um simples modelo de APR – Análise Preliminar de Risco para auxiliá-lo no entendimento e na confecção do seu próprio modelo de APR para trabalhos com a movimentação de cargas.

  • Para realizar o download do modelo, acesse:

⇒ Download: APR – Movimentação de Cargas (formato pdf)


Veja também

Uma ideia sobre “Movimentação de Cargas

Comentário