DDS Motivacional: Você é maior que seus problemas

Viver é enfrentar um problema atrás do outro. O modo como você o encara é que faz a diferença. – Benjamin Franklin.

O propósito dessa frase é nos fazer refletir sobre o nosso posicionamento diante dos problemas. Todos nós, em algum momento da vida, enfrentaremos problemas. Seja ele de saúde, profissional, familiar, espiritual, emocional, entre outros.

Ao nascermos, trazemos uma certeza: nessa vida enfrentaremos dificuldades. Porém, a maneira como reagimos diante das dificuldades, perdas, obstáculos, é o que define se seremos exitosos na nossa jornada, ou seremos derrotados. Quem enfrenta dificuldades e as superam, em geral é uma pessoa poderosa.

Como exemplo, vamos falar sobre uma história inspiradora. Abraham Lincoln, considerado um dos maiores líderes de todos os tempos, teve uma jornada marcada por adversidades:

Faliu no comércio aos 31 anos. Perdeu uma eleição estadual aos 32 anos. Perdeu a esposa aos 35 anos. Teve colapso nervoso aos 36 anos. Perdeu uma eleição para prefeito aos 38 anos. Perdeu outra eleição estadual aos 46 anos. Perdeu uma eleição federal aos 48 anos. Perdeu a eleição para o Senado aos 58 anos. Aos 60 anos, foi eleito presidente dos Estados Unidos da América. Abraham Lincoln tornou-se um dos maiores líderes de todos os tempos.

Esse é apenas um exemplo dentre tantos que poderíamos citar. Os problemas fazem parte da nossa vida. Alguns de nós enfrentamos mais adversidades que outras pessoas. Olhamos ao nosso redor, e pensamos em desistir. Tudo parece complicado. Difícil. Desesperador. No entanto, quero te incentivar hoje a mudar a sua postura diante das dificuldades que você enfrenta. Pense como uma oportunidade de crescimento. Uma oportunidade de fazer algo diferente, aprender uma nova habilidade, abrir os olhos para uma realidade nova. Pode ser algo inspirador superar uma dificuldade.

Mario Sergio Cortela, em seu livro Ainda dá diz:O ‘ainda dá’ é aquele esforço a mais para alcançar uma condição melhor, para produzir um resultado mais satisfatório. É o jogador que vai na bola que parece perdida. É o escritor que busca a palavra precisa para tornar a ideia mais inteligível. É o cientista que não desiste após os primeiros experimentos falharem. A sensação de “dei o melhor de mim” é uma das mais vitalizantes da experiência humana.

Ainda dá é a nossa atitude, nossos pensamentos diante da vida. Alguns se conformam e entregam os pontos, outros acreditam que podem fazer mais. Não desistem!

Aristóteles nos encoraja dizendo: Realizando coisas justas, tornamo-nos justos; realizando coisas moderadas, tornamo-nos moderados; fazendo coisas corajosas, tornamo-nos corajosos. – Aristóteles. Não caia na armadilha da mediocridade, buscar a excelência é uma atitude.

Diante das dificuldades é natural ter medo. É preciso olhar e reagir a tudo aquilo que parece não ter saída. Deixar a zona de conforto e se lançar em novas perspectivas e provocar as mudanças que se fizerem necessárias. Somos capazes de nos reinventar a todo tempo, mesmo quando não enxergamos uma luz no fim do túnel.

Movimente-se! Levante-se e avance! Não desista diante dos problemas! Não pare! Você é capaz, você é confiante. Você consegue! Você é maior que seus problemas!

O sucesso não é o final; o fracasso não é fatal. O que conta é a coragem para seguir em frente. – Winston Churchill.

Leia também:

Compartilhar o texto:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove − 2 =

Utilizamos cookies para melhorar o desempenho e a utilização do site. Saiba mais