DDS Fim de Ano

A saúde e a segurança do trabalhador durante o período de férias não é menos importante do que em atividade laboral, sobretudo no final de ano, tendo em vista as festividades e os exageros frequentes nas comemorações de fim de ano.

Dessa forma, evidencia-se a importância de se aplicar um Diálogo Diário de SegurançaDDS fim de ano.

Esta preocupação se justifica no fato do fim de ano ser um período de descanso, momento para que o trabalhador renove suas energias e comece o ano com mais disposição, bem como, estabeleça novas metas para sua vida.

Porém, ocorre que não são poucos os riscos que podem prejudicar esta renovação e consequentemente, possam prejudicar a sua saúde e integridade. Considerando tais riscos, citaremos alguns aspectos que não podem ficar de fora do DDS de fim de ano.

1) Abuso de álcool

O álcool é considerado a substância entorpecente mais utilizada do mundo. Embora o seu consumo seja permitido, os efeitos e os prejuízos ao organismo não devem ser desconsiderados.

O consumo excessivo de álcool pode até causar a morte, em caso de coma alcoólica. Em outras situações, pode ocasionar manifestações de agressividade e muita ressaca, acompanhada de episódios de depressão e ressentimento moral.

Portanto, para se prevenir destas consequências, é importante evitar o consumo de bebidas alcoólicas ou o seu uso exagerado.

Lembrando, que nem todas as empresas suspendem as suas atividades durante o fim de ano, em alguns casos, a produção e a contratação de mão de obra até aumentam neste período. Portanto, se você trabalha durante esse período, mas um motivo para evitar a ingestão de bebidas alcoólicas.

Vale destacar, que conforme ao Art. 482 da Consolidação das Leis do TrabalhoCLT, a embriaguez habitual ou em serviço configura-se falta grave, permissível de demissão por justa causa.

⇒ Veja também: DDS Natal.

Além disso, segundo o Art. 165 da Lei nº 9.503/1997 do Código de Trânsito Brasileiro – CTB, dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa é infração gravíssima.

2) Estradas

É comum as pessoas viajarem durante o fim de ano. Porém, é importante respeitar os limites de velocidade e em viagens de longo percurso, recomenda-se revezar de motorista. Pois, o cansaço é um fator que recorrentemente vem causando acidentes nas estradas brasileiras.

É importante mencionar no DDS fim de ano, que o trabalhador não deve se esquecer de revisar o veículo, conferindo o funcionamento de todos os seus componentes antes de viajar.

3) Intoxicações alimentares ou Distúrbios Intestinais

Geralmente, as festividades de fim de ano vêm acompanhadas de muita comida, por isso é muito comum ocorrer episódios de intoxicação alimentar e distúrbio intestinal.

Em vista disso, a importância de se verificar a higiene dos alimentos, das instalações e dos utensílios utilizados na preparação das comidas. Bem como, evitar consumir alimentos que ficaram muito tempo armazenados.

4) Fogos de artifício

No fim de ano tem sempre a queima de fogos de artifício. Porém, é importante seguir algumas dicas:

  • Os fogos de artificio devem ser adquiridos em lojas autorizadas;
  • Deve-se ler e seguir as instruções descritas pelo fabricante no rótulo da embalagem;
  • Não soltar fogos de artificio após ingerir bebida alcoólica;
  • Soltar fogos de artificio somente em ambientes abertos, afastado das pessoas e de redes elétricas.

Por fim, convém desejar a todos um feliz ano novo! Que tenham um merecido descanso e possam encerrar esta etapa e iniciar a que está por vir, com muita saúde, paz, segurança e determinação.

Gostou do texto? Então, não deixe de compartilhá-lo:

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA