O que é SDCA?

Cada vez mais as empresas buscam novas estratégias para alcançar melhores resultados no mercado, ganhar mais clientes ou investidores, bem como ficar em vantagem em relação às concorrentes.

A competitividade no mercado é saudável para o crescimento da empresa, sem concorrência a empresa não possui parâmetro de comparação para os consumidores, por isso toda empresa almeja ser classificada como uma concorrência para outras.

Porém, mais importante do que isso é quando a empresa busca superar os próprios desafios e cada vez mais conseguir resultados de forma crescente. Para atingir isso, é preciso que a empresa tenha metas, e é justamente sobre as quais este artigo discorre, isto é, as metas para manter (SDCA) e as metas para melhorar (PDCA).

O que significa SDCA?

A sigla SDCA corresponde ao inglês: Standart; Do; Check e Action, cujos significados na língua portuguesa são respectivamente: Padrão, Execução, Verificação e Ação. Este conjunto de palavras consistem no que se chama de meta padrão ou meta para manter. No entanto, não consiste apenas em um conjunto linear de palavras, mas sim a um ciclo, isto é, os quatro conceitos devem ser utilizados de forma contínua e integrada.

A empresa adota esta conduta quando visa a manter o padrão de resultados, isto é, para permanecer estável. Entenda melhor o que cada conceito visa:

  • Standart: objetiva a manter os custos-padrão, os procedimentos-padrão e manter as metas-padrão, vale destacar que para que um padrão seja seguido, é preciso torná-lo um código, seja através de documentos, informações ou um manual operacional redigido de forma simples, objetiva e prática;
  • Do: a execução deve ser uniforme, seguindo o procedimento padronizado, sem que haja alterações que possam interferir o resultado ou a produção, isto exige que todos os funcionários envolvidos operem o procedimento da mesma forma, para que isso seja possível é interessante que haja treinamentos e orientações;
  • Check: verificação e fiscalização é essencial para a garantia da execução do procedimento padrão, a checagem torna possível a correção antecipada;
  • Action: quando há necessidade de correção, é preciso a ação corretiva, para que alterações nos resultados e no produto final sejam evitadas.

Benefícios do SDCA

A meta para manter ou meta padrão da qual se refere o SDCA proporciona diversos benefícios para a empresa e para os colaboradores. Veja alguns:

  • Segurança: executar as tarefas seguindo um padrão operacional faz com que muitos acidentes de trabalho sejam evitados;
  • Saúde: da mesma forma como acidentes são evitados, muitos prejuízos na saúde também podem ser evitados, como a má postura, tendinites, dores musculares, etc;
  • Produtividade: o aumento da produtividade pode ser alcançado com a PDCA, mas com a SDCA a produtividade tenciona a manter uma determinada durabilidade, essa estabilidade beneficia tanto a empresa como ao funcionário;
  • Organização: o padrão operacional sendo executado e verificado constantemente torna o ambiente mais organizado, assim o tempo de execução se torna padrão, evitando estresse e perda de tempo;
  • Trabalho em equipe: quando a o processo é padronizado de forma bem-sucedida, as funções dos colaboradores ficam bem especificadas e claras, o que torna mais fácil o trabalho em equipe, melhorando as relações interpessoais e a satisfação individual.

⇒ Leia também: O que é PDCA?

Diferença entre SDCA e PDCA

Como foi mencionado mais acima, além das metas para manter, há as metas para melhorar, estas últimas se referem à PDCA, a qual diferentemente da SDCA, visa modificar os procedimentos para que o resultado obtenha uma melhora.

A sigla PDCA se refere ao ciclo dos seguintes conceitos: Plan; Do; Check e Action. Pode-se perceber que o diferencial entre PDCA e SDCA é o conceito Plan, ou seja, planejamento, fundamental para a realização das mudanças nos padrões.

Diante desta distinção entre as duas estratégias, pode-se dizer que ambas são vantajosas para a empresa, pois uma se baseia na outra, inclusive, podendo ser adotadas concomitantemente ou de acordo com o contexto atual da empresa.

Geralmente, a estratégia SDCA é aplicada depois da PDCA para manter os resultados atingidos com esta e fazer com que a empresa permaneça no mercado.

Veja também

Comentário