A importância da Ginástica Laboral

A prevenção é uma das vantagens da ginástica laboral e ao longo deste texto veremos mais sobre a importância da ginástica laboral tanto para a empresa como para o trabalhador.

Entende-se por ginástica laboral a categoria de atividade física realizada no local de trabalho, aplicada em empresas tanto de grande como de pequeno porte. Trata-se, portanto, de um conjunto de exercícios voltados para a funcionalidade do trabalho, visando à melhoria da saúde e das funções requeridas pelo corpo durante a execução das tarefas.

O profissional que aplica a ginástica laboral deve identificar o tipo de exercício mais adequado para o grupo em questão, optando por exercícios mais estimulantes ou mais relaxantes, podendo agregar alongamento, relaxamento, aeróbicos, enfim, sempre tendo como base a forma e o ambiente de trabalho, as atividades exercidas, os riscos de doenças mais comuns correlacionadas, procurando preveni-las.

Geralmente, a prática da ginástica laboral dura cerca de dez minutos a vinte minutos. O ideal é que a frequência seja diária, para que o organismo dos funcionários se adaptem e apresentem respostas significativas.

A importância da Ginástica Laboral para Empresa

Muitos gestores não percebem a importância da ginástica laboral para a empresa, pois não conhecem a relação entre os benefícios da prática e os resultados para a organização. Veja abaixo, portanto, alguns destes benefícios para a empresa:

  • Mais competência dos funcionários: ter colaboradores mais eficientes significa ter menos gastos e menor perda de tempo;
  • Melhora no clima organizacional: a atividade física afeta positivamente na motivação, no humor e nas emoções, o que contribui com um melhor clima organizacional;
  • Aumento da produtividade: todo investimento que a empresa faz na qualidade de vida dos trabalhadores acabam resultando em um aumento exponencial na produtividade mais eficiente;
  • Redução de gastos com doenças ocupacionais: atividades físicas são essenciais na prevenção de diversas doenças, evitando gastos com a recuperação da saúde de funcionários;
  • Redução do risco de acidentes: o exercício faz com que o organismo fique mais flexível, mais fortalecido e com que haja mais concentração e atenção, aspectos os quais contribuem na segurança do trabalho;
  • Redução da rotatividade: funcionários que trabalham com bem-estar são menos propensos a serem demitidos, da mesma forma, um ambiente de trabalho com qualidade de vida evita que o funcionário solicite desligamento;
  • Melhora no desempenho dos colaboradores: diversos talentos são desperdiçados devido à rotina de trabalho insatisfatória, mas quando os funcionários são estimulados com atividade física, se tornam mais criativos, oferecendo um diferencial para a empresa.

⇒ Leia também: Os benefícios da ergonomia para a empresa e o trabalhador.

A importância da Ginástica Laboral para o Trabalhador

É muito comum também alguns colaboradores não darem valor à ginástica laboral, acabam não aderindo corretamente aos exercícios, mas isto ocorre devido à falta de informação sobre a real importância da ginástica laboral. Veja abaixo, então, os benefícios da prática ao trabalhador:

  • Alívio de dores: muitos funcionários enfrentam dores na coluna, nas articulações, na cabeça, enfim, as quais podem ser aliviadas e prevenidas através da ginástica;
  • Prevenção de doenças: a atividade previne o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, respiratórias, osteomusculares, articulares, etc;
  • Melhora no funcionamento cognitivo: atividades físicas proporcionam melhora na atenção, concentração, memória, raciocínio, linguagem, comunicação, etc;
  • Melhora na coordenação motora: as respostas neuromotoras são aprimoradas com a prática de ginástica e isto contribui com a prevenção contra acidentes de trabalho;
  • Melhora no humor: a ginástica laboral pode ser descontraída e promover socialização, o que contribui com o bom humor, além disso, exercitar-se faz com que diversos hormônios sejam produzidos e liberados, causando sensação de bem-estar, alegria, euforia e prazer;
  • Redução do cansaço: a pausa das atividades de trabalho para fazer os exercícios contribui evitando a fadiga, o desgaste e o cansaço, além disso a prática contribui com a qualidade do sono;
  • Contribuição na autoestima: movimentar-se melhora todo o funcionamento do organismo e isto afeta diretamente na forma como o trabalhador se sente em relação a si próprio enquanto indivíduo, sentindo-se mais capaz e habilidoso;
  • Redução do sedentarismo: muitas pessoas deixam de praticar atividade física por falta de tempo ou estímulo, assim a ginástica laboral proporciona uma quebra do sedentarismo e ainda incentiva a prática de exercícios fora do trabalho também.

Gostou do texto sobre a importância da ginástica laboral? Então, não deixe de acompanhar o Blog Segurança do Trabalho pelas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Google plus.

Veja também

Comentário

CAPTCHA