Sinalização de Segurança no Local de Trabalho


Confira o DDS Sinalização de Segurança e saiba a importância da sinalização de segurança no local de trabalho.

A sinalização de segurança nos locais de trabalho é uma medida de muita importância na prevenção dos acidentes de trabalho. É responsável por despertar a atenção dos trabalhadores para os riscos presentes na área. Também é a sinalização que serve de lembrete sobre as regras de segurança que devem ser respeitadas todos os dias. A sinalização de segurança no local de trabalho é fundamental para manter um ambiente seguro.

As sinalizações de segurança podem ser visuais, com formas e cores específicas, tal como podem ser um sinal luminoso ou acústico. Todas essas formas integram a sinalização de segurança. Sua principal função é ser preventiva. Ela alerta o trabalhador e o visitante sobre os riscos presentes naquela área e quais as medidas para evitá-los.

Como é a sinalização de segurança?

A sinalização de segurança é baseada em pictogramas (símbolos) e cores, conforme padrões nacionais e internacionais. Consequentemente, isso faz com que a mesma sinalização seja entendida por um grande número de pessoas.

A sinalização de segurança deve ser eficiente. Quando eficiente, por exemplo: não há problemas de evacuação, numa possível situação de risco, como um incêndio. Todas as pessoas saberão para onde se dirigir e como se dirigir, sem pânico.

A falta da sinalização adequada pode gerar multas e até interdição. Geralmente, a fiscalização é realizada pelo Ministério do Trabalho e o Corpo de Bombeiros.

Quais os tipos de sinalização?

A sinalização se divide em algumas categorias: segurança, saúde, proibição, aviso, obrigação, salvamento e indicação. Cada uma delas possui cores e símbolo específicos de fácil entendimento e identificação.

Quais os cuidados com a sinalização de segurança no local de trabalho?

Porém, não basta investir em sinalização. É necessário que ela seja colocada de forma clara e eficiente e também que as pessoas conheçam do que se trata. Se for colocada sinalização misturada, em altura incorreta, local escondido ou pouco visível, não cumprirá sua função.

Em relação ao conteúdo, as placas não podem ter duplo sentido. Precisam ser claras, sem dar margem a diferentes interpretações. Os trabalhadores devem ser atraídos pela sinalização.

A sinalização de segurança deve ser permanente, com exceção das sinalizações de acidentes ou outras situações pontuais e temporárias. Nesses casos, é ainda mais importante estar atento às possíveis misturas ou confusões do uso da sinalização. Deve-se deixar clara qual a sinalização válida no momento. E assim, que resolvido o problema, a sinalização temporária deve ser retirada.

Placas e outros equipamentos de sinalização de segurança devem ser periodicamente revisados, sendo substituídos em caso de quebra, pintura fraca e de não funcionamento.

A escolha dos itens a serem colocados nas empresas depende de um mapeamento dos riscos e das necessidades. Há uma regra em vigência, mas a quantidade de sinalizações e os locais de colocação dependem de cada empresa, da necessidade de cada área. O mapa de riscos e levantamento das necessidades de sinalização devem ser feitos por um profissional habilitado.

Quer avaliar a eficiência de sua sinalização? Faça um teste. Se você consegue se orientar por uma área desconhecida apenas pela sinalização, você está diante de uma sinalização eficiente. Pense nisso!


Veja também

Comentário