DDS Sinalização de Segurança


Confira o DDS Sinalização de segurança e a importância da sinalização de segurança.

Para se ter um local seguro é imprescindível ter uma boa sinalização. Ela deve estar presente em todos os locais de trabalho, da sala do escritório à indústria.

A sinalização de segurança é um conjunto de sinais visuais ou auditivos com intuito de manter a integridade, a saúde e a segurança dos trabalhadores. Seu principal objetivo é servir de alerta sobre o local ou ambiente em que a pessoa se encontra, especialmente em relação a riscos que o local possui ou informações sobre a área desconhecida e os elementos encontrados ali.

Quais os tipos de sinalização de segurança?

Existem vários tipos de sinalização, sendo as mais comuns as placas com diversas mensagens de avisos referentes a:

  • Incêndio;
  • Emergência;
  • Obrigação;
  • Proibição;
  • Perigo;
  • Obstrução, bloqueio ou zona perigosa.

Além das placas e avisos, há a sinalização gestual, que pode ser utilizada em situações em que a comunicação verbal não é eficiente e sinais sonoros, utilizados para alarmes e evacuações.

Sinalização de Segurança e Cores

Além dos desenhos ou textos, as placas têm nas cores também uma forma de comunicar. Cada uma delas identifica uma situação, ou seja, “dá seu recado”.

Você já prestou atenção nas cores mais usadas? Sabe identificá-las? O vermelho, por exemplo, está ligada a incêndio. Geralmente equipamentos e orientações relacionados ao risco de incêndio estão marcados em vermelho. O amarelo está relacionado a gases ou obstáculos, servindo de alerta. O azul também tem a função de alerta, porém para equipamentos em manutenção. Laranja pode indicar objetos cortantes e outros artefatos perigosos. Também é um importante sinal de alerta.

A cor branca normalmente sinaliza, define ou delimita espaços, por isso é utilizada em faixas e marcações de locais de circulação. Verde é a cor relacionada à segurança, por isso identifica equipamentos de primeiros socorros, macas e outros objetos relacionados a resgate ou saúde.

Em relação a tubulações, temos as seguintes definições:

O preto geralmente identifica canalização de produtos inflamáveis. Laranja indica ácidos. Onde há a cor púrpura, há presença da radiação eletromagnética. Já a lilás representa produtos lubrificantes e cáusticos.

Gases liquefeitos e de baixa tenacidade são identificados pela cor alumínio. Outros fluidos não classificados em nenhuma das cores anteriores são identificados pela cor marrom.

⇒ Leia também: Sinalização de Segurança: O uso das Cores.

Quais os cuidados com a sinalização de segurança?

Os equipamentos de sinalização devem passar por revisões periódicas a fim de mantê-los sempre em bom estado de conservação. Evite colocar muitos tipos de sinalização no mesmo espaço, para evitar confusão ou que uma acabe se sobressaindo em relação a outras. A sinalização de segurança deve estar sempre bem visível.

Há uma norma a ser seguida, porém a sinalização deve ser empregada conforme a demanda da empresa ou do espaço. A melhor forma a ser utilizada a quantidade de placas e dimensão da sinalização de segurança dependerá da análise das necessidades da área e dos riscos existentes. Esse mapeamento deve ser realizado por um profissional habilitado.

Mais importante do que a sinalização no chão, nas paredes e nos equipamentos, é o reconhecimento desses sinais. De nada adianta um local bem sinalizado se as pessoas que trabalham ali não as identificam. O DDS sobre sinalização, Semanas internas de prevenção de acidentes do trabalhoSIPAT, treinamentos são algumas formas de fazer com que os trabalhadores tenham sempre em mente o significado de cada uma das sinalizações. Pois, a sinalização eficiente é aquela que te permite andar com segurança por um lugar desconhecido.

Em relação à permanência da sinalização de segurança, é importante ficar atento a alguns detalhes:

  • Sinalização de proibições, avisos, equipamentos de combate a incêndio devem ser permanentes.
  • Sinalização de acidente deve permanecer apenas pelo tempo necessário para se resolver a situação.

Evite colocar muitas placas no mesmo espaço ou próximas umas às outras. Isso pode confundir ao invés de auxiliar. Não utilize sinais luminosos próximos ou vários sinais sonoros ao mesmo tempo.

Você conhece toda a sinalização disponível em sua empresa? Sinalização eficiente nos dá segurança. Pense nisso!


Veja também

Uma ideia sobre “DDS Sinalização de Segurança

  1. ANA

    BOM DIA,
    GOSTO DE TUDO QUE VOCÊS POSTA, MAS GOSTARIA DE UM DDS QUE FOSSE COM CARGA PERIGOSA,DE CAMINHÃO TANQUE QUE TRANSPORTA PRODUTOS PERIGOSOS

    Responder

Comentário