DDS Eletricidade


Hoje, no DDS eletricidade trataremos sobre a segurança nos trabalhos com eletricidade.

O trabalho com eletricidade é considerado de alta periculosidade, podendo ser realizado somente por profissionais capacitados e autorizados. Garantir a segurança nos trabalhos com eletricidade é fundamental. Por isso, DDS sobre eletricidade é indispensável no dia-a-dia das empresas de todos os segmentos. É importante que as pessoas conheçam os riscos relacionados às atividades com eletricidade. Os principais riscos são choques e explosões, podendo ocasionar queimaduras e até a morte.

Antes de iniciar qualquer atividade, os profissionais devem estar atentos aos equipamentos de segurança individual (EPIs) e ferramentas a serem utilizadas na realização da atividade. Entre os EPIs estão capacete não condutivo, óculos e máscara para proteção dos olhos e da face, protetores auriculares, roupas apropriadas, luvas e calçados com isolamento. É importante que o trabalhador verifique se estes equipamentos possuem selo de homologação junto aos órgãos competentes. Isso pode ser a garantia de vida em caso de acidente com eletricidade.

As ferramentas também precisam ser específicas para as atividades desempenhadas. Elas devem ter proteção contra contato direto com partes energizadas evitando choques elétricos e curto circuito. Nunca faça improvisações em relação a ferramentas ou EPIs. Isso pode colocar sua vida em risco. Em trabalhos com eletricidade, um erro pode ser fatal ou deixar sequelas gravíssimas.

Antes de iniciar o trabalho, é importante conhecer o projeto do local para identificar cabeamentos, voltagem, identificar e localizar painéis. No momento da instalação inicial, deve-se ficar atento à execução do projeto elétrico. Evitar deixar cabeamentos expostos ou em condições de risco. Os painéis elétricos também precisam ficar em locais seguros, porém de fácil acesso. Vale lembrar que o acesso aos painéis elétricos deve ser restrito.

Cuidados ao realizar trabalho com eletricidade

  • Use sempre ferramentas em bom estado e adequadas à atividade. Não faça improvisações.
  • O eletricista é responsável por sua segurança e também pela segurança dos demais envolvidos na atividade ou que estejam trafegando pelo local.
  • Sempre isole a área em que irá trabalhar evitando que as pessoas possam sofrer acidentes por curiosidade ou mesmo desatenção.
  • Utilize todos os EPIs necessários e somente para as finalidades a que se destinam, inclusive o cinto de segurança no caso de trabalhos em altura. Guarde conforme orientação do fabricante evitando avarias.
  • Nunca fume nesses ambientes.
  • Execute as atividades apenas quando estiver autorizado.
  • Verifique sempre se os circuitos estão desenergizados antes de iniciar os trabalhos. Faça testes de voltagem e se estiver tudo certo, tranque a caixa de comando e sinalize a atividade na área.
  • Isole as partes vivas do circuito elétrico e não faça ligações diretas. Use sempre plugue e tomada.
  • Ligações temporárias devem ser ficar acima de dois metros de altura e longe da água e devem ser verificadas diariamente.
  • Utilize escada de madeira ou fibra que não são condutores. A escada de alumínio NUNCA deve ser utilizada.

O que fazer em caso de acidente com eletricidade

No caso de acidente com eletricidade, a primeira medida é desligar a corrente elétrica. Se não for possível, retirar a vítima do local com a energia ainda ligada. Nesse caso é importantíssimo que seja realizado por alguém preparado e com todos os equipamentos de proteção para evitar que também sofra a descarga elétrica.

Ao retirar a vítima, verifique a respiração, pulsação e se não há obstrução das vias respiratórias. Chame imediatamente o serviço médico. A comunicação do acidente deve ser feita imediatamente para que seja feita a emissão da CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) em até 24 horas.

A eletricidade está em nossa vida para facilitar e não para nos colocar em risco. Cuidado nunca é demais. Respeite as normas de segurança. A saúde e integridade do trabalhador devem sempre estar em primeiro lugar.

Gostou do DDS Eletricidade? Então, não esqueça de acompanhar o Blog Segurança do Trabalho pelas redes sociais: TwitterFacebook e Google plus.


Veja também

Comentários

  1. Iberê Bonsi

    Excelente material DDS Eletricidade, muitas vezes é desenvolvido por eletricistas práticos que aprendeu na própria empresa. Tem uma separação de linha de alta tensão e baixa tensão… Trabalhar com linhas de alta tensão tem que haver aterramento da linha e a desenergização e executar o serviço com todos os EPI’s necessários. Obrigado pelo esclarecimento da sua matéria.

    Responder
  2. Mundisley Neves

    Muito bom! muitos eletricista nem tem o NR10 e executam serviços com eletricidade, são o caso dos autônomos.

    Responder

Comentário