DDS Óculos de Segurança


Quando se leva um susto ou se encontra em uma situação ameaçadora, qual é sua primeira reação? Proteger a face, normalmente fechar os olhos, ainda que inconscientemente, é a primeira atitude, colocar a mão no rosto e fechar os olhos numa reação de defesa.

Os olhos são extremamente sensíveis, apesar de haver um mecanismo de defesa, é sensível a muitos agentes, como, poeira, bolor, produtos químicos, claridade extrema, entre outros.

A nível ocupacional, a proteção dos olhos pode ser realizada com os óculos de segurança, seu uso não se restringe apenas a atividades laborais, qualquer feito, mesmo que doméstico, é necessário uma proteção adequada e os óculos de segurança é facilmente encontrados nas lojas do ramo.

Importância dos óculos de segurança

Sua importância dá-se na proteção dos olhos contra qualquer tipo de substância volátil ou partículas projetadas e dispersas na atmosfera, porém é necessário o tipo de óculos correto para cada atividade.

A norma regulamentadora nº 06 determina que, os óculos de segurança para proteção dos olhos são contra impactos de partículas volantes, luminosidade intensa, proteção dos olhos contra radiação ultravioleta, radiação infravermelha e contra respingos de produtos químicos.

Dicas de conservação e utilização

  • Seja criterioso, os óculos devem se ajustar perfeitamente na face, sem deixar aberturas, afinal, o objetivo é proteger por todos os lados;
  • A haste ou elástico, caso possuir, permite que o óculo se ajuste e mantenha firme na face, porém sem machucar ou incomodar;
  • O seu uso deve decorrer pelo tempo previsto para a atividade que requer o seu uso, nunca use para outra finalidade;
  • Evite usar os óculos apoiado na cabeça, pois dessa feita, sua integridade é comprometida e pode não adequar perfeitamente novamente em sua face, comprometendo a segurança e conforto;
  • Ao colocar ou retirar, evite tirar com uma mão só, segure nas duas hastes e tire de uma vez;
  • Não transporte os óculos no bolso traseiro das calças;
  • Evite deixar próximo de fontes de calor, isso compromete a estrutura física e química do dispositivo;
  • Não armazene em conjunto com ferramentas, pode amassar e arranhar suas lentes e estrutura;
  • Se recuse a utilizar óculos com defeito, pois irá agredir a integridade de seus olhos;
  • Se trabalhar em locais que provoca embasamento das lentes, use um anti-embaçante.

⇒ Leia também: DDS Coleta Seletiva.

Higienização

O uso e eficácia completa dos óculos de proteção, também conta com a forma que o mesmo é higienizado.

  • Manuseio com as mãos limpas;
  • Para a limpeza das lentes utilize um tecido ou papel macio apropriado;
  • Não o deixe em ambientes que possam conter substâncias como óleos, ácidos, graxas, solventes ou produtos que possam contaminá-lo ou danificá-lo
  • Guarde-o em uma caixa específica para óculos, para garantir sua higiene e integridade;
  • Não utilize e nem deixe ninguém fazer uso de seus óculos, ele é pessoal, uso individual.
Responsabilidade do empregador e empregado

Todo dispositivo nacional deve ser fabricado conforme as especificações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e do Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Sinmetro), que possui o respectivo certificado de aprovação (CA) para poder ser comercializado e utilizado.

De acordo com a NR é obrigação do empregador fornecer todo equipamento de proteção individual (EPI) adequado à atividade e em perfeito estado de conservação, sem nenhum ônus para o empregado.

Em contrapartida, faz obrigação do uso por parte do empregado, o mesmo não deve negar seu uso, contudo, tem possibilidade ao direito de recusa, desde que acompanhada de uma justificativa que demonstre ser inviável todos os métodos acima descrito.

Utilize os óculos de segurança, afinal, a vida é bela!


Veja também

Comentário