Como ser um bom Cipeiro


Confira dicas de como ser um bom cipeiro e colaborar com a redução de acidentes na sua empresa.

Os membros da CIPA têm a importante missão de garantir a segurança de seus colegas de trabalho durante o expediente. Confira algumas dicas para desempenhar essa função da melhor maneira possível.

7 Dicas de Como ser um bom Cipeiro

1. Aja preventivamente

Já diz o ditado que é melhor prevenir do que remediar. Assim que assumir, faça uma inspeção em todo o ambiente de trabalho para descobrir eventuais falhas de segurança e agir antes que elas provoquem um acidente. Faça rondas diárias para conferir se as normas de segurança do trabalho estão sendo cumpridas. Seja ativo: converse, pesquise e assuma a posição de liderança que lhe foi dada.

2. Fiscalize

A estabilidade garantida em lei (durante o mandato e um ano após seu término) serve para que o cipeiro não tenha medo de fiscalizar e cobrar atitudes dos responsáveis pela empresa quando necessário. Use sua estabilidade para melhorar as condições de trabalho dos colegas e não apenas em benefício próprio.

⇒ Leia também: Responsabilidade da CIPA nos Acidentes de Trabalho.

3. Conte com o SESMT

A CIPA deve manter independência em relação ao SESMT. Mesmo assim, é importante que seus membros estejam alinhados e suas ações caminhem juntas. Não hesite em procurar o SESMT quando tiver alguma dúvida ou antes de tomar uma decisão importante, afinal eles são especialistas em segurança do trabalho e estão ali para ajudar.

4. Tenha humildade

Para cumprir seus objetivos, você precisará conquistar o respeito dos colegas de trabalho e a melhor forma é sendo humilde, sabendo ouvir, dialogando e apontando erros de forma educada e respeitosa. Não é porque você foi eleito para um cargo importante que precisa achar que é melhor do que os outros.

5. Seja amigo

Faça amizade com todos os funcionários e participe do dia-a-dia de cada um. Muitos cipeiros se esquecem que a saúde mental dos empregados também faz parte das suas responsabilidades e que problemas psicológicos podem causar acidentes de trabalho. Fique atento a situações de discriminação, assédio moral ou sexual, pressão excessiva, número de empregados insuficiente para o volume de trabalho, entre outras.

6. Separe as coisas

Embora seja importante manter uma relação amistosa com os colegas, não use a amizade como justificativa para fazer vista grossa a um comportamento perigoso, nem deixe de assumir um posicionamento ou tomar uma atitude necessária para proteger os trabalhadores. Lembre-se, é a segurança de todos os funcionários que está em jogo.

7. Divulgue os resultados

Muitas pessoas acham que a CIPA não serve para nada e que seus membros são preguiçosos, por causa da estabilidade. Ajude a desconstruir essa imagem divulgando os resultados positivos do seu trabalho e fornecendo feedback para os empregados e para a chefia.


Veja também

Comentário