Como abrir uma Assessoria em Segurança do Trabalho


Tudo o que você precisa saber para montar sua empresa de Assessoria em Segurança do Trabalho.

Para que serve a Assessoria em Segurança do Trabalho?

A NR-4 obriga todo estabelecimento que emprega um determinado número de funcionários ou mais a manter o SESMT (Serviço Especializado de Medicina e Segurança do Trabalho), composto por médicos, engenheiros e técnicos em Segurança do Trabalho.

Embora as empresas menores não tenham a obrigação legal de contratar esses profissionais, vez ou outra precisarão de seus serviços, como por exemplo na hora de elaborar um PPRA ou fazer uma auditoria no ambiente de trabalho. Nesse momento, elas certamente procurarão uma empresa de Assessoria em Segurança do Trabalho.

Ocasionalmente, empresas que mantém um SESMT também podem contratar uma assessoria – para oferecer um treinamento específico, por exemplo.

Quais serviços a Assessoria em Segurança do Trabalho pode prestar?

Existe uma grande variedade de serviços que podem ser prestados por uma empresa de Assessoria em Segurança do Trabalho. Os principais são:

  • Elaboração de documentos exigidos por lei (exemplo: LTCAT e laudos de insalubridade);
  • Elaboração e implementação de PPRA, PCMSO, CIPA, etc;
  • Criação de rotinas de trabalho mais seguras;
  • Auditorias no ambiente de trabalho para detectar e corrigir falhas de segurança;
  • Palestras e treinamentos sobre uso e conservação de EPIs, segurança em setores específicos, ergonomia, operação segura de máquinas pesadas, segurança em condições críticas de trabalho (altas/baixas temperaturas, ambiente hiperbárico, ambientes confinados, etc).

⇒ Leia também: Assessoria e Consultoria – Qual a Diferença?

Como se planejar para abrir sua empresa?

Antes de abrir a empresa, é fundamental fazer um estudo de mercado seguido de um planejamento detalhado e realista.

Em primeiro lugar, defina sua área de atuação – quanto mais específica, melhor. Descubra quais são os segmentos empresariais mais fortes na sua região, os que têm maior número de empregados, quantos profissionais já atuam no segmento, sua capacidade técnica para atuar nessa área. Se achar necessário, não hesite em fazer parcerias para oferecer um serviço de qualidade.

Assim que definir esses fatores, abra um CNPJ – com o aumento na fiscalização, a maioria das empresas não contrata profissionais que não emitem nota fiscal. Ter uma empresa legalmente constituída também ajuda a passar uma imagem de credibilidade e profissionalismo para os clientes.

Vale lembrar que o auxílio de um contador é sempre bem-vindo.

Quanto cobrar pela Assessoria em Segurança do Trabalho?

Estabeleça seus preços com base no bom senso. No começo, evite cobrar acima do valor habitual do mercado na sua região. Depois de consolidar o nome da sua empresa você poderá aumentar gradualmente o valor dos serviços.

Na hora de estipular o preço, leve em consideração quanto você deseja ganhar por mês, some a esse valor todos os custos no negócio. Cuidado para não negligenciar pequenas despesas, como material de escritório ou a conta de telefone.

⇒ Leia também: Como abrir uma Consultoria em Segurança do Trabalho.

Como divulgar os serviços de Assessoria em Segurança do Trabalho?

Participando de eventos e workshops, visitando clientes em potencial e investindo em publicidade. Hoje em dia a forma mais barata e eficiente de divulgar um serviço é usando as redes sociais: use e abuse desse recurso.

Manter contato com outros profissionais da área também é fundamental: nunca se sabe quando podem surgir boas parcerias.


Veja também

Comentário