Porque fazer o Curso Técnico em Segurança do Trabalho


Cada vez mais, os patrões têm investido na segurança do trabalho de seus funcionários com o objetivo de promover a saúde e segurança dos trabalhadores, garantir uma boa imagem e a produção da empresa.

A partir da publicação da Portaria n.º 3.214, de 08 de junho de 1978, as instituições passaram a ser obrigadas a contratar profissionais da área de segurança e saúde  do trabalho, conforme o grau de risco e total de funcionários existentes na empresa.

O técnico em segurança do trabalho, juntamente com os empregadores e empregados são responsáveis pela prevenção de acidentes, promoção da saúde e preservação do meio ambiente. Além disso, o técnico em segurança do trabalho auxilia o empregador e demais trabalhadores no cumprimento das normas de segurança e saúde e, nos casos de acidentes, analisa e investiga as causas na busca de eliminar os riscos.

Com isso, a procura pela profissão só tem a crescer e o mercado de trabalho, bastante favorável, uma vez que os Técnicos em Segurança do Trabalho podem atuar em estabelecimentos comerciais públicos e privados, indústrias, fabricantes e representantes de equipamentos de segurança, além de sindicatos e entidades de classe.

Além do benefício de sempre ter uma vaga disponível para a atuação, existem diversas vantagens em se fazer um curso técnico em segurança do trabalho. Abaixo, listamos as principais:

  • Papel Social – Atuar na área de segurança do trabalho é estar atento à todas as possibilidades de acidentes e riscos à saúde de um modo geral. Assim, o acidente do trabalho é um problema social que pode ser minimizado através da função desempenhada pelo profissional técnico. O técnico em segurança do trabalho defende o direito a um ambiente favorável e sem riscos de acidentes, com a manutenção da saúde laboral e o bem estar de todos os funcionários da empresa.
  • Inovação – Inovar faz parte de qualquer profissão. Entretanto, na segurança do trabalho o profissional tem a chance de apresentar novas ideias e sugestões a cada dia, reafirmando a qualidade do ambiente de trabalho.
  • Percepção do Risco – Uma das principais atribuições do técnico em segurança do trabalho é perceber o risco antes que eles se concretizem. Essa característica faz com que a pessoa formada na área esteja um passo à frente, tanto no que diz respeito às atividades da empresa, como nas tarefas realizadas no dia a dia.
  • Qualidade de vida: Proporcionar qualidade de vida para os funcionários de uma instituição é uma das tarefas do técnico em Segurança do Trabalho. Essa benfeitoria está relacionada à qualidade do local de trabalho e envolve procedimentos que vão da saúde e bem estar dos empregados à preservação do meio ambiente.
  • Saúde e segurança para todos: A intervenção de um técnico de Segurança do Trabalho garante um clima saudável e harmonioso para a empresa, uma vez que, através dos métodos implementados no local, é possível certificar a saúde e segurança de todos. Essa garantia de um ambiente confiável proporciona a sensação acolhedora entre patrões e empregados.

Ao concluir o curso Técnico em Segurança do Trabalho, o profissional terá um vasto campo de atuação e estará preparado para agir em ações de prevenção de acidentes e educativas para a orientação do uso de equipamentos de segurança, além de executar o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais.

A capacitação também proporciona benefícios para a rotina diária do especialista, com a garantia de saúde, bem estar e olhar atento ao longo de toda a sua vida pessoal.


Veja também

Comentários

  1. Wanderley de Abreu Valentim

    Coitado do técnico. “O técnico em segurança do trabalho é o responsável pela prevenção de acidentes”. Não concordo, a responsabilidade pela prevenção de acidentes é de todos os envolvidos no trabalho. O técnico funciona como um catalizador das ações de prevenção orientando e incentivando.

    Responder
  2. Cicinato Gonçalves Maciel

    Olá, tudo bem?
    Estou lendo esta matéria, gostei muito do texto e queria saber: se um cidadão concluiu o curso de TST, e tem mais de 50 anos, como ele consegue estagiar se não encontra quem o contrate para esse fim? Estou nesse dilema, e tenho tentado encaixar em um estágio, mesmo que voluntário, mas está dificil conseguir. O que fazer nesse caso?

    Responder
  3. MEHUJAEL MARCELINO DE MORAES

    Bom para um técnico de segurança, como seu primeiro emprego é uma batalha muito grande, pelo fato de não mais ter a exigência de estágio em sua formação,tenho por mim que deveria ter uma mudança sobre esta formação em sua grade curricular, nem ser for uma quantidade minima de horas, como estágio tenho certeza que valorizaria muito na hora de conseguir seu primeiro emprego.

    Responder
  4. angelica

    bom estou lendo sobre o curso porque estou em duvida entre dois tec em enfermagem ou segurança do trabalho, trabalho dentro de um hospital e tenho as duas possibilidades o q faço?

    Responder

Comentário