O que faz o Tecnólogo em Segurança do Trabalho?


A profissão de Tecnólogo em Segurança do Trabalho entrou recentemente para o CBO 2149-35 do Ministério do Trabalho e Emprego. Confira a área de atuação deste profissional.

O Tecnólogo em Segurança do Trabalho é um profissional apto a planejar, desenvolver, implantar, gerenciar e controlar os sistemas relacionados à segurança do trabalho em uma empresa. Nesse âmbito, analisa os métodos, processos e condições de trabalho, visando prevenir acidentes no ambiente laborativo e diminuir os riscos à saúde e a integridade física dos trabalhadores.

Sua qualificação permite emitir pareceres, fazer vistorias, perícias ou trabalhar com pesquisa e aplicação tecnológica. No entanto, o tecnólogo ainda não pode ser contratado para o cumprimento da norma regulamentadora nº 04 (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho).

Quem pode Exercer a Profissão de Tecnólogo em Segurança do Trabalho?

Para exercer a profissão, é preciso formar-se no curso de Tecnologia em Segurança do Trabalho. A formação é de nível superior, portanto antes de ingressar é necessário ter concluído o Ensino Médio.

O que é o Curso de Tecnologia em Segurança do Trabalho?

Os cursos de tecnologia são de nível superior com duração entre dois a três anos e conteúdo predominantemente prático. Foram criados como uma opção para ingressar rapidamente no mercado de trabalho sem abrir mão do diploma de graduação.

Embora seja mais curto de que os cursos de graduação tradicionais, não é mais superficial e nem de qualidade inferior. Ao contrário do bacharelado, que fornece uma visão ampla de uma ciência, o curso de tecnologia oferece um aprofundamento em uma área específica, normalmente de alta demanda no mercado.

Entre alguns exemplos de cursos de Tecnologia em Segurança do Trabalho, pode-se citar os cursos de Gestão em Segurança do Trabalho, Saúde e Segurança no Trabalho e Tecnólogo em Segurança.

Regulamentação da Profissão de Tecnólogo em Segurança do Trabalho

Por enquanto, a profissão ainda não foi regulamentada, o que impede que o Ministério do Trabalho e Emprego a incluir na NR-04, que regulamenta os SESMT (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho).

Para visualizar na íntegra o projeto de lei que regulamenta a profissão de tecnólogo e dá outras providências, acesse: PL 2245/2007.

Isso significa que as empresas não são legalmente obrigadas a contratar tecnólogos, ao contrário do que ocorre com Técnicos e Engenheiros de Segurança do Trabalho. Consequentemente, a oferta de emprego para esses profissionais tende a ser baixa.

No entanto, os esforços dos tecnólogos em segurança do trabalho na obtenção da regulamentação e valorização da profissão é bastante significativa, visam obter mais oportunidades no mercado de trabalho e se consolidar de vez, como a nova profissão entre as funções que integram os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT.


Veja também

Comentários

    1. may

      Sim minha linda, pois o curso tecnologico em segurança no trabalho é de nível superior, porém com atribuições distintas do técnico em segurança no trabalho.

      Responder
      1. Raphael

        Além do supra citado, o tecnólogo não conta como profissional exigido para o quadro do SESMT, não sendo considerado na cumprimento da norma. Portanto há uma resistência das empresas à contratação do tecnólogo.
        Fonte: Item 4.4 da NR – 04.

        Responder
    1. Wanderson dos Santos

      Bem,

      Eu sou Tecnólogo e Técnico em Segurança no Trabalho. Os cursos são semelhantes, mas a grade curricular de ambos diferem em alguns pontos. No meu caso a carga horária das disciplinas comum aos dois cursos eram maiores no tecnólogo. A outra é a presença de disciplinas ligadas à gestão e planejamento (SGI, ISO 18001, 9001, 14001) no tecnólogo. Não me arrependo de ter feito nem um nem outro, ambos supriram a carência do outro em certos aspectos, em outros nem tanto, então depende da instituição onde você fará. A vantagem do tecnólogo é que você pode fazer pós-graduação em áreas afins, se desejar!
      Pesquise um pouco mais, visite a instituição perto de você, informe-se com alunos… só assim você terá subsídios suficientes para tomar a decisão correta e não entrar de cara e um curso, não gostar e sair falando depois!
      Espero ter ajudado.

      Att.
      Wanderson dos Santos

      Responder
      1. Deusdeth Oliveira

        Wanderson dos Santos boa noite por favor esclareça quais as áreas afins que o tecnólogo em segurança do trabalho pode fazer pós.

        Responder
    1. Fabio

      Não. Apenas engenheiros podem fazer projetos e emitir determinados laudos. O tecnólogo, na verdade, é uma espécie de técnico sem reconhecimento.

      Responder
      1. ERNANI NICOMEDES

        FABIO, perante a sua explanação técnico e técnico os tecnólogos em segurança do trabalho trabalha com a gestão em segurança do trabalho, inclusive a matéria e mais focada do que a da engenharia na pós graduação, agora na área da prevenção os técnicos em segurança já são mais aprofundados, perante ao projeto 2245/07 e outras providências esse sim dará total desempenho de uma função de nível superior, veaj no ite da câmara dos deputados em Brasilia ou pelo seu autor do projeto o deputado Reginaldo lopes do PT e vicentinho do PT., sou técnico em segurança do trabalho, tecnólogo em segurança do trabalho e pós graduação em segurança do trabalho e Auditor da ISO 18001 e atuo omo supervisor de segurança do trabalho, como vc falou depende onde vc fez o curso de tecnologia, porque aonde eu fiz o curso as matérias não tem nada haver com o curso de técnico em segurança si houver semelhança está errado o urso e de nível superior 3° grau…abraço, vamos na luta pelo 2245/07, para regulamentação(ANT), SINDICATO DOS TECNÓLOGOS DESÃOPAULO.

        Responder
      2. Marisol

        Ridículo esse comentário em dizer que tecnólogo é um técnico sem reconhecimento. Reveja seus conceitos e aprofunde mais no assunto, e assim verá que tecnólogo é bem diferente de técnico.

        Responder
      3. Deusdeth Oliveira

        No caso sem o seu reconhecimento porque o conselho de química reconhece o mec aprovou e o crea também.

        Responder
    2. Juliano Belei

      Sim. sendo aprovada e reconhecida a profissão do tecnólogo, este poderá executar as mesmas atividades do Profissional de Engenharia ou arquitetura com especialização em Segurança do Trabalho. pois Lembrando, não existe graduação de engenharia de segurança do trabalho. O único curso superior nesta área é a graduação em Tecnologia.

      Responder
      1. Sérgio

        Boa noite,
        A pessoa que faz a graduação em tecnólogo pode fazer pós em Engenharia de segurança do trabalho ?
        Grato,
        Sérgio Sampaio

        Responder
      2. Charles Lisboa

        Bom realmente o tecnólogo em Segurança do Trabalho poderá fazer tudo o que o Engenheiro de Segurança do Trabalho faz porém menos assinar projetos criados isso só compete ao Eng.. de Seg Trabalho… E o curso de Engenheiro de Segurança do a trabalho existir sim, para o tecnólogo em Seg do trabalho ser um Engenheiro de Seg do Trabalho basta ele fazer uma Pós Graduação em Engenharia de Segurança do trabalho ou seja qualquer pessoa q tenha um curso superior independente da área poderá fazer uma Pós graduação em Engenheiro de Segurança do trabalho…

        Responder
        1. amauri camargo

          fale o que vc quiser engenheiro de segurança so com engenharia vc fala bonito me prove qualquer caminho para virar engenheiro do trabalho sem ter feito faculdade de qualquer engenharia me convensa cachoeira

          Responder
          1. Emanuel telecio

            Querido, conheço um colega que acabou de se formar em Agronomia. Aí te pergunto! O que ele sabe sobre PPRA, legislação etc? E agora José?
            Cálculos são direcionados para cada função. Não necessariamente para todos.

      3. ANTONIO JOSENILTON

        Parabéns à você Juliano Belei pelas explicações. Eu sou Tecnólogo,pela UNOPAR, concluido em 3 anos e fiz pós na faculdade Santo André. A nossa formação esta voltada para área técnica e científica e não técnica. Podemos emitir laudos sim e não somente os engenheiros.Se alguém está incomodado com os novos profissionais,que diga-se de passagem, estamos assumindo uma profissão que antes não existia, por isso que os engenheiros estavam atuando nela. agora estão preocupados com os novos profissionais que são específicos da área que eles atuavam por falta de profissionais. engenheiros de respeito não estão incomodados,pois, sabem que o sol nasceu para todos. os incomodados que permaneçam em sua profissões e esqueçam nós.

        Responder
        1. leandro

          boa tarde,josenilton. vi que você é formado pela unopar em tecnólogo em segurança do trabalho. O curso é de fácil aprendizagem? tenho chances de arrumar um emprego? obrigado

          Responder
  1. Roni Fogaça

    Prevencionistas boa noite!
    Ok pessoal, sou TST também e concordo que um tecnologo em SST tem graduações um pouco diferente do TST, mas que existem cursos que podem dar esse conhecimento digamos assim, o que se deve deixar bem claro é que muita gente está indo direto para uma faculdade de Tecnologia em SST e depois sai ao mercado de trabalho procurando emprego e não consegue e mais, nem o MTE autoriza e fornece aquele registro que todo TST tem em sua CTPS pois essa profissão não esta na NR-4 como todos sabem, agora, deve se fazer sim a faculdade de tecnologo, porém faça antes o curso de TST e seja autorizado e enquadrado na lei para trabalhar e só depois vá atrás de se fazer essa faculdade mas não espere que o mercado o reconheça, faça para o seu crescimento profissional e para realizar alguns cursos que exijam nível superior, por que eu participo de muitos fóruns destinados a SST e tem muito tecnologo chorando as pitangas atrás de reconhecimento e desmerecendo os TSTs pois eles se auto denominam superiores a estes e merecem reconhecimento do MTE agora, já pensaram onde o tecnologo vai se encaixar? será que é entre o TST e o EST? então na minha opinião isso só foi uma forma de marketing de algumas instituições de ensino superior para vender cursos, e essa profissão foi enquadrada no CBO para que estas possam vender essa graduação; forte abraço a todos.

    Responder
    1. valdeir oliveira miranda

      Roni Fogassa, concordo plenamente, puro marketing, quando decidi fazer o curso quase que eu entrei nesta, então busquei informações a respeito do tecnologo e vi que não era reconhecido.

      Responder
    2. ANTONIO JOSENILTON

      SR.RONI FOGAÇA. SOU TECNÓLOGO,PÓS GRADUADO E TE DIGO O QUE VC NÃO SABE: ADMIRO SUA INTELIGÊNCIA EM DIZER QUE NÃO SEREMOS RECONHECIDOS. POIS BEM, VOCÊ SABIA QUE EM TODOS OS PAÍSES DO MUNDO EXISTE CONSTITUIÇÃO, LEIS, CÓDIGO CIVIL E PENAL? PENSA ANTES DE POSTAR, OK? RESPEITE SEUS SUPERIORES ASSIM COMO RESPEITAMOS TODOS AQUELES QUE AINDA NÃO TIVERAM A OPORTUNIDADE DE SE GRADUAR. VOCÊ TAMBÉM PODE NÃO FIQUE AI CRIANDO SITUAÇÕES QUE PODE ATÉ TE LEVAR A UM PROCESSO JUDICIAL EM FALAR DAS FACULDADES E DAS PESSOA QUE NELAS ESTUDAM OU ESTUDARAM.

      Responder
      1. Ana

        OLÁ PARA PÓS EM GRADUADO AO TECNOLOGO, QUAL O SEGMENTO..
        ESTOU PESQUISANDO E ESTOU FICANDO CONFUSA..
        LI QUE A ENGENHARIA EM ST NÃO COMPETE AO TECONOLOGO..

        Responder
  2. Maria Silva Souza

    Certamente o Curso Tecnólogo em Segurança do Trabalho e bom para Aumenta os conhecimento em Segurança do Trabalho, mas as Empresas não irão aumento o custo para emprega mas um pessoa na sua folha de pagamento, e muito menos pensa na melhoria de trabalho dos trabalhadores, porque só pensa em lucros.
    Fica dica fazem o Curso Tecnólogo em Segurança do Trabalho depois fazem um Pós-Graduação assim você terá mas change de obter aumento de Salário.
    O que ser Nota nesta PL 2245 de 2007, os Políticos ficam adianto a regulamentação desse Profissional na NR-04 ou criar um NR somente para o Tecnólogo, como diz o texto server apenas para as Faculdade Ganha mas Grana.

    Responder
  3. junior santos

    Como você senhor Juliano Belei pode afirmar que se aprovado esse projeto de vocês tecnólogos terão a capacidade técnica para assumir as responsabilidades civil e criminal da area de engenharia de segurança?
    Ao menos o tecnólogo possui o mínimo conhecimento de um eng.eletricista para atuar na area de produção de energia de alta tensão?
    Ou conhecimento em mecanica dos fluidos e fenomenos dos transportes para fazer um projeto de incêndio?
    Ou conhecimento de um eng. Quimico para atuar na área de produção quimica?
    Acho que vocês devem primeiro antes de tentar mover um pedido de reconhecimento se perguntar, eu tenho esse conhecimento técnico?

    Responder
  4. Vivaldo Mendes

    Muito bom os seus comentários sobre tecnólogos de segurança do trabalho, meus parabéns.
    Sou engenheiro de segurança do trabalho formado pela Universidade Federal Fluminense UFF) e logo após me formar engenheiro dessa área fiz o curso técnico de segurança do trabalho e agora estou cursando o curso de tecnólogo de segurança do trabalho, e estou gostando muito.

    Responder
    1. Ernesto

      Parabéns Vivaldo sua colocação é ótima não julgou, apenas com sua inteligencia afirmou sua posição que o conhecimento quem ganha é aquele que faz o curso. Sou Tecnólogo e Técnico em Segurança do Trabalho.

      Responder
  5. Gilson Ferreira

    Até hoje não vi nem ouvi sobre nenhuma Empresa ou Vagas em Concursos para Tecnólogo em Segurança do Trabalho, até porquê tais empresas preferem contratar Técnicos pela formação e até questões salariais.
    Quanto ao Curso de Tecnólogo pode ser apenas questão de conhecimentos adquiridos para quem já possui o Técnico.

    Responder
  6. Lauriete Do Carmo Mollulo

    Lembre que pra dar aulas as instituições preferem um profissional de nível superior então de tem o Tec. Faça o tecnológico pra lecionar nas escolas tec.♡♥

    Responder
  7. Gabriel dos Santos Cameis

    Sou téc em seg do Trab e pensei em fazer o tecnoligo para adiquirir conhecimento sobre SST, más resolvi não fazer o curso pois os mals comentários sobre o tecnologo fizeram com que eu pensasse bem em não fazer, pois então ai vai a pergunta, eu tenho o curso de tecnologo eu poderia fazer Eng de Seg? ou só uma outra Engenharia mesmo pra fazer Eng de Seg??

    Responder
  8. CLICIA OLIVEIRA

    sou tecnóloga trabalho com RH, esclarecendo sua dúvida .só pode fazer pós em engenharia e seg. o arquiteto ou Engenheiro ,mais este curso é muito bom como graduação aqui no Acre da pra ganhar dinheiro fazendo curso da CIPA e PPRA Claro prestando assessoria na empresa e também posso da aula.

    Responder
  9. Ailton

    Faço o curso tecnologia em segurança no trabalho não tenho-me arrependido o curso e muito amplo e satisfatório, já a NR4 cedo ou mais tarde vai se concluir que so vem soma com a segurança.

    Responder
  10. Helton luis balbino

    Eu estou terminando o curço de tecnólogo de segurança do trabalho
    Eu quero fazer o curso técnico de segurança do trabalho aproveitando matéria. isso é possível?

    Responder
    1. Alexandre Barros

      Claro que é possível, só vai agregar valor ao teu currículo e com o Técnico de Segurança do Trabalho “em mãos” suas chances de se empregar na área de Segurança do Trabalho com certeza são maiores.

      Abraços!!

      Responder
  11. elen Cristiane da Silva

    comecei a fazer um tecnologo minha pergunta
    é depois de me formar posso fazer um técnico em segurança do trabalho?

    Responder
    1. Alexandre Barros

      Claro que é possível, só vai agregar valor ao teu currículo e com o Técnico de Segurança do Trabalho “em mãos” suas chances de se empregar na área de Segurança do Trabalho com certeza são maiores.

      Abraços!!

      Responder
  12. Paty

    Olá,boa noite!

    Já fizeram essa pergunta e ninguém respondeu.
    SABEM ME DIZER SE É VÁLIDO CURSAR TECNOLOGIA EM SEGURANÇA DO TRABALHO SEMI PRESENCIAL OU TOTALMENTE 100% ONLINE?
    Pois moro no rio de janeiro, mas não no centro e essa graduação já está meio extinta aqui, antes na Estácio tinha em vários lugares e vários turnos. Agr só tem em Madureira a noite.
    Acho que a procura caiu. :/

    Responder
    1. Alexandre Barros

      Antes de tudo, veja se o curso é aprovado pelo MEC e se a Instituição é credenciada, Cursos de Graduação Tecnológicas 100% a distância eu nunca vi e se tiver creio que não vale apena, pois é complicado para o aluno, até por que essa área envolve práticas se for online como ele fará as práticas? Semi-presencial pode ser uma boa, porém irá ter um esforço do aluno para aprender, nenhuma modalidade de ensino é melhor que a presencial mas se sua região não tem, sugiro a modalidade semi-presencial. Mas Verifique se é credenciada e autorizada ao MEC.

      Abraços.

      Responder
      1. Uelinton Reis

        Eu faço o curso de tecnólogo em segurança, a distância é estou aprendendo muito em relação a prática vai depender muito de você, faço pesquisa de campo nas empresas e devagar aprendo.
        Faço pela a instituição Unicesumar é muito puxado mas tiro minhas dúvidas com professores, professores mediadores.

        Responder
  13. Henrique Ribeiro Da Silva

    Fiz o curso de Tecnólogo e Técnico de segurança do trabalho. Com o curso de tecnólogo pode fazer Concurso público. Estou estudando para o Concurso de AFT do Mte. O concurso exige curso superior em qualquer área, reconhecido pelo Mac. E o curso tecnólogo de segurança é reconhecido pelo Mac. Consegui um estágio com meu curso de tecnólogo. Não me arrepende de ter ficado 2 anos e meio estudando.

    Responder
    1. Mauricio

      O curso de tecnólogo em Segurança do trabalho e sim reconhecido pelo MEC. E no meu porto de vista e um excelente curso pra quem gosta de lidar com pessoas. Eu sou Tecnólogo em Segurança do Trabalho com pós graduação em Gestão Estratégica e Sustentabilidade.

      Responder
  14. Juliana

    Uma pessoa formada e Tecnólogo em higiene e segurança do trabalho pode fazer a assinar projeto de combate a incêncio?

    Responder
    1. Nestor W. Neto

      Olá Juliana,
      Para elaborar projetos tem que ser formado como Engenheiro. Projeto é atribuição de Engenheiro.

      Abrçs

      Responder
  15. Raimundo

    Faça o curso de técnico em segurança do trabalho, porque o tecnólogo só serve para prestar concurso e fazer algumas pós graduação.
    O mercado de trabalho para o tecnólogo não existe. não é reconhecido pela NR-04. Quem vende este curso só pensa no marketing da instituição de ensino. Caia fora deste curso é uma roubada, é perder tempo e dinheiro. Depois não vá chorar o leite derramado.
    Aviso: É fria e falta de respeito com o candidato que não sabe que já existe o técnico em segurança e o engenheiro de segurança regulamentado por Lei. É jogar dinheiro pelo ralo.

    Responder
  16. Raimundo

    Olha faz um curso em tecnólogo de segurança do trabalho, o mercado é promissor. Tem muitas empresas demitindo o técnico e o engenheiro de segurança do trabalho e contratando um tecnólogo em segurança do trabalho. É a profissão do futuro!

    Responder
    1. Glauber Menezes

      Olá Raimundo. Você tema mais dados sobre essa informação? Números ou cases do tipo? Fiquei curioso com sua informação.

      Abraços,

      Responder
  17. Raimundo

    Como eu posso moderar a minha liberdade de expressão enquanto muitos jovens continuam sendo enganados por muitas instituições que não falam a verdade do mercado de trabalho para os formados neste curso.
    Me próvem o contrário…..

    Responder
  18. Luiz junior

    Sou tecnico em seg. do trabalho, formado pelo ifet campus muzambinho, pelo que vejo, os cursos de tecnologos em seg. do trabalho, so cervem mesmo a sua graduacao superior, eles sao orientados e guiados pelo resto da vida pelos engenheiros que nunca vao abrir mao disto, ao contrario do tecnico, que faz seu servicos, e nao e amarrado com engenheiro algum, e um profissional liberal? entao cuidado com este curso, nao existe dois cursos superiores com a mesma funcao, O tecnologo sempre vai ser o bonequinho de presepio, O tecnico amassa de um lado, e o engenheiro de outro lado?

    Responder
  19. Jamilly

    Boa tarde fiz o curso de técnico em segurança e a agora vou ingressar no Tecnólogo em segurança do trabalho. Minha duvida é: O tecnólogo é de nível superior, exite pós-graduação ou extenção para o tecnólogo em segurança?

    Responder
  20. Luiz Guilherme

    Quais pós graduação que um tecnologo em segurança pode realizar, quais são as mais indicadas. Tenho colegas Tecnólogos que fizeram a pós em ergonomia.

    Responder
  21. vanderli cunha

    Olá prevencionista sou técnico em segurança do trabalho e pretendo fazer tecnólogo em segurança do trabalho e futuramente uma pós em Engenharia em segurança do trabalho eu realmente não sei qual vai ser o meu título depois da especialização em engenharia e segurança do trabalho independente de eu me filiar ao CREA e confea mas estive dando uma olhada no texto provisório da NR 37, eleandro o texto provisório na íntegra acho Na minha opinião que logo logo os tecnólogos serão reconhecidos e enquadrados no quadro do sesmt sei que a outras categorias que lutam a anos para entrar no mesmo mas analisando a carga horária do engenheiro em segurança do trabalho técnico em segurança do trabalho e tecnólogo em segurança do trabalho realmente a pessoa que tiver toda essa qualificação será um especialista na área de prevenção contra acidentes de trabalho Independente de curso superior ou técnico aprendizado e educação não ocupam espaço minha opinião qualifique-se.

    Responder
  22. Deusdeth

    Estou fazendo esse curso Tecnólogo em segurança do trabalho, agora eu pergunto posso presta concurso público quando formado?

    Responder
  23. GELSON

    Boa tarde.

    O curso Tecnólogo e Engenharia em Segurança do Trabalho são os mesmos?

    Ambos o profissional pode ser registrado no CREA como Engenheiro em Segurança do Trabalho?

    Estou em São Paulo Capital, em quais universidades posso estar fazendo o curso? Tanto privado como publica, ou federal!

    Responder
  24. wemes

    Sobre o Supervisor de segurança do trabalho e uma profissao que a empresa e obrigada a contratar igual ao técnico ?

    Responder
  25. Rogério Sena Brito

    Gostaria de saber qual o símbolo utilizado no anel de formatura do Tecnólogo em Segurança do Trabalho. Alguém sabe?

    Responder
  26. Leonardo Passos Sá

    Boa noite a todos. Tenho uma visão geral da situação. Primeiramente é importante o tecnólogo entender que até o momento a profissão não foi regulamentada por lei , em contrapartida já existe um projeto de lei (PL 2245/07) que aguarda deliberações na câmara dos deputados. A não regulamentação da profissão implica no geral , que o profissional ainda não é obrigado a ser contratado para atuar na área de segurança do trabalho ( não é citado na NR 04 e nem no SESMET ), o que implica também que nos despachos oficiais (laudos perícias, criação de PPRA .. etc ) o profissional não tem “autorização” para executar.Ou seja, existe limitações no exercício da profissão. Mas é importante lembrar que apesar das limitações, o profissional tem formação (em teoria ) para executar todas as ações relacionadas a segurança no trabalho, inclusive elaborar laudos períciais, PPRA, PGST. .. etc.,o que se discute ao meu ver é a obrigatoriedade da contratação, que ainda não foi regulamentada, mas a competência para as ações, o profissional as têm. Não posso deixar de mencionar que a profissão está avançando, já possui CBO , já é reconhecido e notificado pelo CREA, já é reconhecido , notificado como também pode atuar como perito na área de produtos químicos (conforme as RN 247 e 273) pelo Conselho Federal de Química, já existem concursos federais que aceitam a formação de tecnologia em segurança do trabalho para exercício da didática em cursos de engenharia , existem empresas que contratam o profissional tecnólogo, ainda em pequena escala, enfim; observar _se progresso. Não sou tecnólogo, mas avaliando coerentemente , vejo que em termos de carga horária do curso ( 2400 horas em média ), aliada a uma pós graduação em engenharia de segurança do trabalho (800 horas em média), temos um total de 3200 horas, que se comparado a qualquer outra formação específica, é o chamado de especialista. Senhores tecnólogos batalhem pela valorização do profissional.Senhores engenheiros e Técnicos, busquem a especialização máxima, e não percam tempo denegrindo a imagem de outro profissional.
    Obrigado a todos Boa noite ! ! ! ! !

    Responder
    1. Ane Dias

      Leonardo Passos Sá, parabéns pelo comentário.
      O melhor que li aqui na página !
      Pretendo começar meu curso tecnólogo próxima semana e o teu comentário me deu a motivação necessária.
      Obrigada e boa noite !

      Responder
  27. MEHUJAEL MARCELINO DE MORAES

    SR; LEONARDO PASSOS SÁ, li seu comentário sobre os assuntos relacionados sobre as formações de tecnólogo, técnicos, engenheiro em segurança do trabalho, ficou muito bem esclarecidos e muito bem claros sobre suas alegações, sou formado pelo SENAC/SP/RIBEIRÃO PRETO, tenho já uma certa idade, hj tive a oportunidade de começar a trabalhar como técnico em segurança do trabalho, confesso que é bem diferente da sala de aula, gostaria de ter sua informação, pelo que li é uma pessoa bem esclarecida, qual é mesmo a diferença de um Tecnólogo para um técnico em segurança do trabalho, e se o tecnólogo supera digo em conhecimento, aprendizagem sobre o técnico, e qual seria um curso para se aperfeiçoar mais em técnico de segurança do trabalho, agradeço sobre sua atenção se for possível.

    Responder
    1. Ane Dias

      Carlos Eduardo, boa noite !
      Você já trabalha na área ? Tem quanto tempo que se formou ? E o que achou do curso tecnólogo ?
      Aguardo resposta,
      Obrigada .

      Responder
  28. Uendel de Freitas

    Eu estou no segundo semestre de tecnologia em segurança do trabalho, já vi muitos desistindo por conta destes comentários, mas tenho FÉ que vou concluir e ter esse emprego.

    Responder
  29. Jamille

    Acabei de me formar no curso de Tecnólogo em Segurança do trabalho e gostaria de saber se posso fazer concurso público? Obrigada e boa noite

    Responder
  30. Silvio de Souza

    Técnologo segurança do trablaho pode dar aula no curso Tecnico de segurança do trabalho e ministrar curso de segurança.

    Responder

Comentário