Ciclo PDCA na Segurança do Trabalho


O Ciclo PDCA é um sistema gerencial de 4 (quatro) passos, aplicado em diversos processos decorrentes em uma organização.

Sua origem e entendimento são originados de termos estrangeiros para interpretação de suas siglas e objetivos, porém como o foco deste artigo é o ciclo do PDCA na segurança do trabalho, vou me ater a sua interpretação em português, optando por um caminho mais simples, para compreensão da importância do ciclo PDCA na segurança do trabalho.

Os 4 Passos do Ciclo PDCA

  • Planejar (Plan) – Estabelecer um plano diretor, que guiará todo o processo;
  • Executar (Do) – Colocar o planejamento em prática;
  • Verificar (Check) – É a hora de comparar os resultados da prática, com o planejamento inicial;
  • Corrigir (Act) – Adequar os resultados que destoaram do planejamento inicial.

Ciclo PDCA

Estes processos são tradicionais nas técnicas gerenciais de departamentos institucionais e com o ciclo PDCA na segurança do trabalho não é diferente. A segurança do trabalho se caracteriza por uma série de medidas de prevenção, que visam evitar acidentes graves ou fatais no ambiente de trabalho.

As consequências não afetam só a gerência da empresa, que além de perder em força de mão de obra, pode sofrer processos judiciais, devido a possíveis negligências por parte da instituição. Por isso a importância do ciclo PDCA na segurança do trabalho, deve ser amplamente valorizada, pois além de preservar a integridade física de funcionários, evita futuros prejuízos financeiros. *Para saber mais sobre o Ciclo PDCA, acesse: O que é PDCA?

Planejar é importante

O mapeamento dos setores da empresa, que apresentam riscos a segurança do trabalho é o ponto de partida para o planejamento. Identificar as prioridades, preparar o as medidas de proteção e criar programas de prevenção de acidentes, procurando criar veículos de divulgação para fazer ciente a cada funcionário dos riscos.

É hora de executar

Após o planejamento concluído, é hora de executar. Já dividido em duas etapas de execução, é importante que o profissional designado para a tarefa, venha a seguir a risca o planejamento, evitando assim erros e imprevistos, aumentando a porcentagem de acerto.

Portanto, a utilização de placas de sinalização e a distribuição de folhetos servindo como lembretes também ajuda. Bem como, a implantação de equipamentos, procedimentos e programas que venham a evitar fatos gravíssimos. E quando necessário, estabelecer advertências e punições para aqueles que descumprirem as regras de segurança do trabalho.

Verificando e comparando

O ciclo PDCA na segurança do trabalho tem como uma de suas etapas importantes à comparação da execução com o planejamento estabelecido. Bem como, identificar se a taxa de acidentes diminuiu ou se ocorreu à ausência deles. Observar se as etapas foram cumpridas, criar um balanço geral, visando às futuras correções.

Corrigindo…

Se os objetivos não foram alcançados dentro das metas estipuladas, a correção é uma etapa primordial na importância do ciclo PDCA na segurança do trabalho. É onde o projeto se renova e se alinha. Estabelecem-se a concretização efetiva dos programas de prevenção de acidentes, o cumprimento pleno dos procedimentos de segurança, o alinhamento de novas tecnologias e até a substituição dos profissionais da empresa.

O ciclo PDCA na segurança do trabalho é o norte para a preservação da vida. A padronização de processos e a busca contínua pela melhoria sempre resultou em ótimos resultados na administração de uma empresa, historicamente grandes instituições alcançaram resultados acima da média, porque valorizaram as técnicas de padronização de processos e a busca contínua pela evolução da organização. Por isso que a importância do PDCA na segurança do trabalho deve ser valorizada.


Veja também

Uma ideia sobre “Ciclo PDCA na Segurança do Trabalho

Comentário